Descrição de chapéu Incêndio no CT do Flamengo

Ministério Público abre inquérito para investigar alojamentos esportivos de SP

Inquérito foi motivado pelo incêndio que vitimou dez atletas da base do Flamengo, no Rio

Vista aérea do CT de Cotia, onde o São Paulo mantém suas categorias de base
Vista aérea do CT de Cotia, onde o São Paulo mantém suas categorias de base - Divulgação/São Paulo FC
São Paulo

O Ministério Público do Estado de São Paulo instaurou nesta segunda-feira (11) um inquérito civil para apurar alojamentos mantidos por clubes esportivos na cidade de São Paulo.

O inquérito foi motivado pelo incêndio que vitimou dez atletas das categorias de base do Flamengo na última sexta-feira (8), no Rio de Janeiro.

Por meio da Promotoria de Habitação e Urbanismo da Capital, o MP irá investigar se esses alojamentos contam com auto de vistoria do Corpo de Bombeiros e autorização do poder público municipal, com o intuito "de prevenir futuros acontecimentos semelhantes".

O órgão enviou ofícios inicialmente a Portuguesa, São Paulo, Palmeiras e Corinthians. Esses clubes terão de apresentar a documentação de seus alojamentos e estruturas que abrigam atletas das categorias de base.

A prefeitura de São Paulo também foi notificada, "para que esclareça se há no município alojamentos dessa espécie mantidos por clubes desportivos, agremiações, federações ou confederações, bem como se contam com as devidas autorizações para funcionamento por parte da administração", diz a nota publicada pelo Ministério Público.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.