Descrição de chapéu Campeonato Brasileiro

Flamengo vence o Bahia e fica a três vitórias do título

Equipe carioca abriu dez pontos de vantagem para o vice-líder Palmeiras

São Paulo

Dez pontos separam o líder Flamengo do Palmeiras, o segundo colocado do Campeonato Brasileiro, após 32 rodadas.

Ao vencer o Bahia de virada, por 3 a 1, neste domingo (10), a equipe rubro-negra abriu uma diferença que nunca foi superada no Nacional restando seis rodadas para o fim da competição.

Desde 2003, quando o torneio passou a ser disputado em sistema de pontos corridos, quatro equipes conseguiram abrir vantagem de dez pontos ou mais nesta altura do campeonato —Cruzeiro, em 2003, São Paulo, em 2007, Cruzeiro novamente em 2013 e, agora, o Flamengo.

Gabriel (à esq.) comemora com Bruno Henrique o terceiro gol do Flamengo sobre o Bahia
Gabriel (à esq.) comemora com Bruno Henrique o terceiro gol do Flamengo sobre o Bahia - REUTERS

Com resultado deste domingo, o Flamengo precisa de mais três vitórias para também confirmar o seu título sem depender de outros resultados. Os últimos seis adversários da equipe no Nacional são: Grêmio, Vasco, Ceará, Palmeiras, Avaí e Santos.

Willian Arão, com um gol contra, abriu o placar no Maracanã, mas Reinier, Bruno Henrique e Gabriel decretaram o triunfo carioca, o 24ª da equipe, que acumula ainda cinco empates e três derrotas, um aproveitamento de 80,2%.

 Desde a 13ª rodada, a equipe carioca não sabe o que é perder na competição. O Bahia, aliás, foi justamente o último que conseguiu superar o Flamengo, por 3 a 0, no primeiro turno. Depois disso, foram 17 vitórias e dois empates.

O time comandado por Jorge Jesus também está próximo de igualar e superar a melhor campanha da era dos pontos corridos desde que a competição passou a ser disputada por 20 clubes, em 2006. O recorde atual pertence ao Corinthians, que somou 81 pontos em 2015.

Em meio à proximidade da conquista do título brasileiro, o Flamengo vai disputar no próximo dia 23 a final da Libertadores, diante do River Plate-ARG, no Peru. 

Caso conquiste também o torneio continental, a equipe carioca se tornará a segunda na história a vencer o Nacional e o mata-mata no mesmo ano, igualando o feito que o Santos de Pelé conseguiu duas vezes, em 1962 e 1963.

O último e único título do rubro-negro na Libertadores foi em 1981. Já a última conquista nacional ocorreu há dez anos, em 2009.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.