Descrição de chapéu Copa Libertadores 2020

Santos vence no Equador e deixa vaga encaminhada na Libertadores

Soteldo se destaca, e clube bate Delfín para seguir na liderança do grupo

Manta (Equador) | AFP

O Santos derrotou o equatoriano Delfín por 2 a 1, fora de casa, em partida que terminou na madrugada desta sexta-feira (25). Com o triunfo, manteve-se na liderança do Grupo G da Libertadores e se aproximou de uma vaga nas oitavas de final da competição.

O atacante Marinho abriu o placar no estádio Jocay aos 18 minutos, e o equatoriano Juan Rojas empatou no segundo tempo, aos 29. Mas na reta final, aos 36, Jean Mota garantiu a vitória para o time brasileiro.

Marinho comemora seu gol, o primeiro do Santos na partida contra o Delfín, do Equador, pela Libertadores
Marinho comemora seu gol, o primeiro do Santos na partida contra o Delfín, do Equador, pela Libertadores - Rodrigo Buendia/AFP

O Santos chegou aos dez pontos a duas rodadas para o encerramento da fase de grupos, seguido pelo argentino Defensa y Justicia, que soma seis após bater na quarta-feira (23) o paraguaio Olimpia, o terceiro, com cinco. Com apenas um ponto ganho, o Delfín é o lanterna da chave.

O campeão equatoriano ficou com dez jogadores aos 40 minutos do primeiro tempo, após a expulsão do zagueiro uruguaio Carlos Rodríguez, que recebeu o segundo cartão amarelo.

O técnico Cuca colocou em campo um time disposto a dominar a partida.

E desde o início, o time paulista garantiu a posse de bola com a rápida recuperação de Pará e Carlos Sánchez, e as boas investidas do venezuelano Yeferson Soteldo, principal arma ofensiva dos santistas, autor do passe para Marinho abrir o placar.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.