Descrição de chapéu Copa Libertadores 2020

Santos joga no Equador para avançar às oitavas da Libertadores

Vitória sobre o Delfín poderá encaminhar classificação da equipe alvinegra

São Paulo

O Santos tem a chance de ficar em uma situação bastante tranquila no Grupo G da Copa Libertadores. Se vencer o Delfín nesta quinta-feira (24), no Equador, a equipe deixará muito bem encaminhada sua classificação às oitavas de final da competição.

A partir das 23h, em jogo com transmissão pela página da Conmebol no Facebook, o time de Cuca tentará fazer o que não conseguiu no último final de semana, no Campeonato Brasileiro. Houve clara superioridade diante do Botafogo, porém o placar permaneceu zerado até o apito final.

O atacante Soteldo ainda busca seu primeiro gol com a camisa do Santos na Copa Libertadores - Amanda Perobelli - 15.set.20/Reuters

Também foi sem gols a partida contra o Olimpia, do Paraguai, na semana passada, pela Libertadores, e a sequência infértil incomoda o comandante santista. Ele quer ver as mesmas “movimentações interessantes e bonitas” que observou no confronto com os botafoguenses, mas espera uma eficiência maior nas conclusões.

Líder do grupo, com sete pontos, o Santos poderá chegar a dez caso cumpra o objetivo no Equador. Isso será suficiente para abrir quatro de vantagem sobre o Defensa y Justicia e cinco sobre o Olimpia, que já atuaram na rodada. Assim, a duas partidas do final desta fase, ficaria em posição confortável para evitar sustos rumo ao mata-mata.

De qualquer maneira, Cuca não se mostra muito disposto a fazer contas neste momento. Independentemente da situação da tabela, o treinador vê boas condições para uma vitória sobre o Delfín –que conquistou apenas um ponto em três rodadas– no estádio Jacoy, na cidade de Manta.

No primeiro encontro os times, na segunda rodada, o Santos triunfou por 1 a 0, ainda sob comando do português Jesualdo Ferreira. Lucas Veríssimo marcou de cabeça o gol que definiu o placar no distante 10 de março –antes da paralisação do futebol pela pandemia do novo coronavírus, mas sem público na Vila Belmiro devido a uma punição imposta pela Conmebol.

“A Libertadores tem sempre jogos muito disputados. A gente sabe disso”, disse o atacante Arthur Gomes, procurando mostrar respeito pelo adversário em dificuldade na competição. “Mas a nossa mentalidade é fazer um bom jogo e, se Deus quiser, sair do Equador com um resultado positivo.”

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.