Descrição de chapéu Seleção Brasileira

Transmissão de jogo da seleção pela TV Brasil tem abraços a Bolsonaro

Narrador faz saudação ao presidente nos dois tempos da vitória brasileira sobre o Peru

São Paulo

Confirmada de última hora pela TV Brasil, a transmissão da vitória da seleção brasileira sobre o Peru por 4 a 2 nesta terça-feira (13), pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, teve momentos de agradecimentos ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Ainda no primeiro tempo, o narrador do canal estatal, André Marques, fez uma saudação ao mandatário do país. "Um abraço especial para o presidente Jair Bolsonaro, que está assistindo ao jogo. Um abraço, presidente", disse o responsável pela narração, que também agradeceu a Rogério Caboclo, presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

O cumprimento seria feito novamente em outra oportunidade, já na segunda etapa, e estendido ao secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Fabio Wajngarten, e a outras figuras da CBF.

"Em nome da secretaria especial de comunicação social da Empresa Brasil de Comunicação e do secretário Fabio Wajngarten, agradecemos à CBF, nas pessoas do presidente Rogerio Caboclo, do secretário-geral Walter Feldman e do diretor Eduardo Zerbini. E um abraço especial também ao presidente Jair Bolsonaro, que está assistindo ao jogo", declarou Marques.

A audiência foi a mais alta já alcançada pela TV Brasil. Segundo o UOL, o jogo marcou três pontos de média, com picos de quatro, no Ibope da Grande São Paulo. Ficou atrás apenas de Globo, Record e SBT. Na sexta (9), o primeiro jogo da seleção nas Eliminatórias, exibido pela Globo, teve média de 27 pontos em SP.

A princípio, até o início da noite desta terça-feira, a partida só seria exibida pelo EI Plus, serviço de streaming do Esporte Interativo, e por El Canal del Fútbol, no YouTube, este em língua espanhola. Ambas as opções requerem pagamento de assinatura.

Neymar comemora um de seus 3 gols contra o Peru, pelas Eliminatórias
Neymar comemora um de seus 3 gols contra o Peru, pelas Eliminatórias - Paolo Aguilar/AFP

Wajngarten havia afirmado pela manhã que enviara um pedido de autorização à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para que o jogo fosse transmitido pela TV Brasil.

No entanto, pouco depois, a confederação divulgou nota na qual afirmou não ser responsável por qualquer negociação dos direitos da partida desta terça.

"Os direitos de transmissão do referido jogo pertencem exclusivamente à entidade mandante da partida, no caso, a Federação Peruana de Futebol, não cabendo à CBF qualquer negociação ou autorização em relação à transmissão da partida."

Faltando pouco mais de uma hora para a bola rolar, porém, a própria CBF anunciou um acordo para a exibição da partida tanto em seu site oficial como na TV Brasil. Segundo a instituição, que não tornou públicos os detalhes do negócio, nesse acordo a transmissão só poderia ser feita por um canal público de televisão.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.