Descrição de chapéu Copa Libertadores 2020

Palmeiras goleia Delfín e confirma vaga nas quartas da Libertadores

Equipe amplia ótima vantagem sobre equatorianos para avançar no torneio

São Paulo

O Palmeiras cumpriu seu papel nesta quarta-feira (2) e confirmou sua classificação às quartas de final da Copa Libertadores. A equipe alviverde derrotou o Delfín por 5 a 0, no Allianz Parque, e se colocou sem sustos entre os oito melhores da competição sul-americana.

A vaga já havia sido muito bem encaminhada no Equador, na semana passada, com um triunfo por 3 a 1. Em São Paulo, no jogo de volta, bastou administrar a vantagem, ampliá-la com facilidade e avançar ao confronto com Libertad, do Paraguai, que eliminou o Jorge Wilstermann, da Bolívia.

Patrick de Paula marcou o gol que abriu o placar antes de se lesionar no primeiro tempo. No segundo, Gabriel Veron, duas vezes, Willian e Danilo definiram a goleada.

Gabriel Veron marcou dois gols e fez ótimo jogo - Sebastião Moreira/Reuters

Dono da melhor campanha na fase de grupos, o Palmeiras se impôs com bastante tranquilidade sobre o Delfín, que se classificou com o segundo pior desempenho entre os times que foram ao mata-mata. Na partida desta quarta, ainda que sem forçar o ritmo, o time alviverde exibiu sua superioridade.

Mesmo sem o centroavante Luiz Adriano, com lesão na coxa esquerda, os donos da casa construíram cedo suas primeiras oportunidades no Allianz Parque. Em dez minutos, os equatorianos já haviam sido ameaçados três vezes.

A rede acabou sendo balançada aos 29 minutos, em jogada com participação de Lucas Lima e Gabriel Veron. Patrick de Paula ficou com a bola a um passo da meia-lua e acertou um chute forte no ângulo esquerdo do goleiro.

O volante, no entanto, sofreu lesão muscular na coxa direita e acabou tendo que ser substituído no intervalo. Gustavo Scarpa, grogue após pancada na cabeça, também precisou deixar o time, ainda no primeiro tempo.

Porém seus infortúnios não mudaram a história do jogo. No segundo tempo, o Delfín baixou a guarda, e a goleada foi estabelecida.

Aos quatro minutos, Veron recebeu bom lançamento de Danilo e marcou por cobertura. Aos sete, Willian ganhou presente de Veron para, sem goleiro, ampliar. Aos 15, em noite inspirada, o atacante de 18 anos marcou de novo, pegando a bola de pé direito, no alto, após cruzamento de Raphael Veiga.

As chances não pararam de aparecer. Gabriel Silva teve uma ótima de cabeça, mas errou o alvo. Depois, já nos acréscimos, apareceu bem na área e rolou para Danilo fechar o placar que colocou o Palmeiras calmamente nas quartas de final da Libertadores.

Boca derrota Inter no Beira-Rio

O Boca Juniors venceu o Internacional nesta quarta-feira por 1 a 0, em pleno Beira-Rio, graças a gol do atacante Tévez.

Agora, a equipe gaúcha precisa vencer a argentina por pelo menos 2 a 0 na Bombonera, na próxima quarta (9), para reverter a situação e conseguir a vaga para as quartas de final da competição. Se ganhar por um gol, a decisão será nos pênaltis.

Ao marcar o gol aos 17 minutos do segundo tempo, Tévez tirou a camisa e exibiu outra, do time de 1981, usada por Diego Maradona, morto no último dia 25. Ele recebeu cartão amarelo na comemoração.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.