Descrição de chapéu Campeonato Paulista 2021

Com equipe formada em Cotia, São Paulo vence o Guarani pelo Paulista

Oito dos 11 titulares na vitória por 3 a 2 foram revelados nas categorias de base

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Em sua terceira partida no período de cinco dias, o São Paulo venceu o Guarani por 3 a 2 na noite desta quarta-feira (14), no Morumbi, em jogo adiantado da 9ª rodada do Campeonato Paulista.

Wellington, Igor Gomes e Vitor Bueno anotaram os gols tricolores. Airton e Bruno Sávio marcaram a favor dos bugrinos.

Wellington, que marcou o seu primeiro no profissional, comemora gol na vitória sobre o Guarani
Wellington, que marcou o seu primeiro no profissional, comemora gol na vitória sobre o Guarani - Divulgação/São Paulo

Para enfrentar a maratona de compromissos, que se encerra na sexta (16) contra o Palmeiras, o técnico Hernán Crespo mandou a campo uma equipe repleta de reservas e com média de idade de apenas 23,4 anos.

Dos 11 que iniciaram o confronto, 8 foram formados nas categorias de base: Lucas Perri, Diego Costa, Rodrigo Freitas, Galeano, Wellington, Liziero, Talles e Igor Gomes.

Em meio a tantos jovens, Crespo promoveu nesta terça a reestreia de Miranda, 36, no clube. O experiente zagueiro, tricampeão brasileiro pelo São Paulo, usou a braçadeira de capitão em sua primeira partida desde o retorno ao Morumbi.

E foi com os jogadores criados em Cotia que a equipe tricolor chegou aos gols nesta quarta, em grande atuação do paraguaio Galeano, que deu duas assistências (para Igor Gomes e Vitor Bueno) e também participou do gol de Wellington, o primeiro do lateral esquerdo no profissional.

No início da partida, porém, o São Paulo levou um susto. Régis cobrou escanteio que Airton desviou com perigo. Na sequência, em novo escanteio, o meia bateu fechado, o goleiro Lucas Perri rebateu para o meio da área e Airton, de novo, apareceu para marcar, aos 9 minutos.

A partir do gol dos visitantes, a equipe tricolor dominou o jogo. O argentino Benítez, em seu primeiro jogo como titular, articulou a criação no meio de campo e participou bastante das ações ofensivas.

O empate são-paulino chegou no fim do primeiro tempo, aos 44. Galeano, atuando como ala pela direita, recebeu na linha de fundo e cruzou. Benítez cabeceou e Gabriel defendeu, mas no pé de Wellington, que aproveitou o rebote para deixar tudo igual.

Logo no início da etapa final, o São Paulo chegou ao gol da virada após combinação de atletas de Cotia.

Igor Gomes puxou contra-ataque e recuou para Liziero, que tocou para Galeano na direita. O paraguaio encarou o marcador, invadiu a área e cruzou rasteiro. Seu cruzamento encontrou Igor Gomes, que completou para fazer 2 a 1, aos 4 minutos do segundo tempo.

O paraguaio Galeano foi o destaque da vitória do São Paulo sobre o Guarani, no Morumbi
O paraguaio Galeano foi o destaque da vitória do São Paulo sobre o Guarani, no Morumbi - Divulgação/São Paulo

Com a vantagem no placar, o time de Crespo diminuiu a intensidade e permitiu o empate do Guarani. Davó recebeu na direita, foi à linha de fundo e bateu rasteiro para o meio da área. Bruno Sávio, livre na pequena área, só desviou para o fundo do gol, aos 25.

O Guarani chegou a ameaçar o gol de Lucas Perri, mas Vitor Bueno, depois de ter perdido chance clara, se redimiu após outra boa jogada de Galeano. O paraguaio arrancou e tocou em profundidade para o atacante, que finalizou na saída de Gabriel para marcar, aos 38 do segundo tempo, e dar números finais ao jogo.

Com o triunfo, o São Paulo foi a 16 pontos na liderança do Grupo B, seis a mais do que a Ferroviária (que tem duas partidas a menos).

Os são-paulinos voltam a campo nesta sexta-feira (16), contra o Palmeiras, pelo Campeonato Paulista, no Allianz. Será o quarto jogo da equipe em sete dias. Após o clássico, o clube do Morumbi se concentra na estreia na Copa Libertadores, que acontece na próxima terça (20), contra o Sporting Cristal, no Peru.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.