Descrição de chapéu Futebol Internacional

Títulos de Lille e Atlético de Madrid fecham improvável temporada europeia

Nas principais ligas da Europa, apenas o Bayern manteve troféu do ano anterior

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Na Alemanha deu Bayern de Munique, de novo. E Pep Guardiola ganhou seu nono título nacional, o terceiro com o Manchester City na Premier League.

Mas não faltaram surpresas entre os vencedores das seis principais ligas do futebol europeu (Alemanha, Espanha, França, Inglaterra, Itália e Portugal).

Relembre abaixo os principais campeões do continente, que se prepara para o início da Eurocopa, cuja partida inaugural acontece já no dia 11 de junho, entre Turquia e Itália.

ALEMANHA

Campeão: Bayern de Munique

Na Bundesliga, o novo normal é igual ao velho: deu Bayern. O título veio com duas rodadas de antecedência, no início de maio. A equipe de Munique já entrou em campo campeã após derrota do vice-líder, RB Leipzig. Foi o nono título consecutivo da equipe bávara, que ainda viu o atacante Lewandowski chegar aos 41 gols na última rodada e bater o recorde de Gerd Müller como maior artilheiro de uma temporada do Alemão.

ESPANHA

Campeão: Atlético de Madrid

Dispensado do Barcelona, Luis Suárez foi a grande estrela do Atlético de Madrid na campanha do título do time da capital. A conquista veio só na última rodada, com uma vitória de virada diante do Valladolid. Gol do título? Suárez, claro, que fechou a temporada com 21 gols. O Barcelona teve de se contentar com a Copa do Rei, e o Real Madrid fecha a temporada sem troféus. E o Valladolid, do empresário Ronaldo, caiu para a segunda divisão.

Atlético de Madrid festeja conquista do Campeonato Espanhol - Javier Soriano/AFP

FRANÇA

Campeão: Lille

O supertime do Paris Saint-German teve de se contentar com o vice na Ligue 1 deste ano. O título nacional ficou com o modesto Lille, que repetiu a façanha de dez anos atrás e chegou ao bicampeonato no país. O troféu foi confirmado só na última rodada, com vitória de 2 a 1 contra o Angers, fora de casa. Mais preocupado com a Champions, o time da capital, comandado por Neymar e Mbappé, reagiu tarde no campeonato e terminou um ponto atrás.

INGLATERRA

Campeão: Manchester City

Depois de perder a Premier League do ano passado para um arrasador Liverpool, o City de Pep Guardiola recuperou a coroa e conquistou seu terceiro título nos últimos quatro anos. A confirmação veio há três rodadas do fim, após derrota do rival local, o Manchester United, para o Leicester. Na última rodada, neste fim de semana, teve goleada contra o Everton (5 a 0) e o brasileiro Fernandinho levantando a taça.

ITÁLIA

Campeão: Inter de Milão

Depois de nove títulos seguidos da Juventus, a Inter de Milão conseguiu quebrar o domínio do time de Turim. E os perseguidores também eram um pouco improváveis no início da temporada: Atalanta e Milan. Na última rodada, o Milan ainda conseguiu o vice-campeonato. Já a Juventus de Cristiano Ronaldo teve que se contentar com o quarto lugar, o suficiente para se manter na Champions.

Torcedores da Inter comemoram título na praça Piazza Duomo, em Milão - Piero Crucitatti/AFP

PORTUGAL

Campeão: Sporting

Nem Porto nem Benfica. O Sporting finalmente conseguiu quebrar um jejum (e a hegemonia da dupla) que durava desde 2002. O título veio com uma vitória em casa por 1 a 0 diante do Boavista, treinado por Jesualdo Ferreira (ex-Santos). Seria um título invicto, mas na penúltima rodada, o time perdeu para o rival de Lisboa, o Benfica, de Jorge Jesus (terceiro colocado do nacional, atrás do Porto).

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.