Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
17/07/2006 - 14h45

Sucesso do Discovery deve regularizar missões espaciais da Nasa

Publicidade

da Folha Online

O sucesso da missão do Discovery ajudará a reduzir os temores sobre o programa de ônibus espaciais que persistem desde o desastre do Columbia, em 2003, e permitirá a retomada dos vôos regulares no próximo mês. É o que espera a Nasa, a agência espacial americana.

O ônibus espacial pousou nesta segunda-feira na Flórida (sudeste), completando uma missão de 13 dias considerada crucial para a retomada dos vôos regulares da agência espacial americana desde a tragédia de três anos atrás.

Reuters
Tripulantes do Discovery encerram missão hoje
Tripulantes do Discovery encerram missão hoje
A nave aterrissou no horário previsto (10h14 de Brasília) no Centro Espacial Kennedy, ao fim de uma missão que a Nasa qualificou de altamente bem-sucedida. Os funcionários da agência deram um suspiro de alívio quando o pára-quedas da nave se abriu e o Discovery parou completamente na pista, trazendo seis astronautas de volta para a Terra. Dois aviões equipados com câmeras de alta tecnologia acompanharam o Discovery enquanto planava a caminho da pista de aterrissagem, após sobrevoar o Golfo do México.

Os últimos momentos da missão são os mais críticos. Exatamente quando entrava na atmosfera terrestre, o Columbia pegou fogo e explodiu, em 1º de fevereiro de 2003, matando seus sete tripulantes.

Ao entrar na atmosfera, o Discovery já não era impulsionado por motores --ele simplesmente planou até a pista do centro espacial. Noventa minutos após a aterrissagem, os seis membros da tripulação --quatro homens e duas mulheres-- saíram sorrindo do ônibus espacial. Depois do pouso, vestindo macacões azuis, eles foram recebidos pelo diretor da Nasa, Michael Griffin, e por outros funcionários da agência espacial.

Temores

A Nasa acredita que o sucesso da missão do Discovery ajudará a enterrar os temores que surgiram após as tragédias com os ônibus espaciais Challenger, em 1986, e Columbia, em 2003.

AP Photo/Nasa TV
Discovery terminou sua missão com sucesso
Discovery terminou sua missão com sucesso
Vinte anos atrás, 73 segundos após a decolagem, um vazamento de combustível no foguete de propulsão do Challenger causou a explosão da nave. Os sete astronautas morreram. Em 2003, o Columbia foi destruído durante a reentrada na atmosfera, matando sete astronautas. A causa foi um dano estrutural ocorrido durante a decolagem --o escudo térmico foi danificado por um pedaço de espuma isolante que se desprendeu do tanque externo de combustível.

Em 2005, no primeiro vôo de um ônibus espacial depois da tragédia do Columbia, outro pedaço de espuma isolante se desprendeu do Discovery, mas sem causar danos relevantes à nave. De qualquer forma, a Nasa manteve a frota de ônibus espaciais no solo para fazer mais modificações no tanque problemático. Neste vôo, o tanque de combustível do Discovery soltou alguns pedaços de espuma isolante, mas segundo a Nasa, também sem causar danos à nave.

Missões

O Discovery se desacoplou da Estação Espacial Internacional (ISS) no sábado, após uma intensa estadia que incluiu três bem-sucedidas caminhadas espaciais com o objetivo de melhorar a segurança das missões e concluir a construção do laboratório orbital até 2010.

A Nasa garante que a ISS é chave para a meta americana de enviar astronautas novamente para a Lua e eventualmente para uma primeira missão a Marte.

O Discovery levou mais de três toneladas de comida, roupas e equipamentos de pesquisa à ISS, e trouxe de volta à Terra duas toneladas de lixo e equipamentos danificados. Também deixou na estação o astronauta alemão Thomas Reiter, da Agência Espacial Européia, que se tornou o terceiro tripulante da estação orbital.

Com agências internacionais

Leia mais
  • Tripulação deixa Discovery após pouso bem-sucedido
  • Ônibus espacial Discovery pousa com segurança na Flórida
  • Ônibus espacial Discovery inicia operação de retorno à Terra
  • Conheça a história das missões da Nasa

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre o Discovery
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página