Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
08/05/2007 - 09h58

Arqueólogos israelenses apresentam restos do rei Herodes

Publicidade

da Efe, em Jerusalém
da Folha Online

Uma equipe israelense de arqueólogos afirma ter descoberto o túmulo do rei Herodes no deserto da Judéia. Eles exibiram nesta terça-feira os restos mortais, em entrevista coletiva, em Jerusalém.

A descoberta, anunciada ontem à noite pela Universidade Hebraica de Jerusalém, aconteceu na zona arqueológica conhecida como Herodium.

Avi Ohayon/AP
Restos de rei foram encontrado na zona arqueológica de Herodium
Restos de rei foram encontrado na zona arqueológica de Herodium
O responsável pelas escavações, o catedrático da Universidade Hebraica Ehud Netzer, disse que a sepultura foi profanada e o mausoléu foi destruído, provavelmente em um gesto de ira contra Herodes durante a grande revolta judaica contra o Império Romano do primeiro século.

O lugar, entre dois palácios que o monarca fez construir no cume do monte Herodion, e a qualidade das peças achadas desfazem qualquer dúvida sobre o destinatário da sepultura, ressaltou.

"É desnecessário recorrer ao (teste de) carbono 14, pois esta prova só é usada quando não há outros indícios da idade de uma peça", explicou Netzer, pesquisador de prestígio internacional especializado no período "herodiano".

No Novo Testamento, Herodes é descrito como um rei sanguinário. Segundo os Evangelhos, ao saber do nascimento de Jesus Cristo, Herodes mandou assassinar todos os meninos com menos de dois anos na cidade de Belém. O rei pretendia com isso eliminar o "rei dos judeus" que teria nascido naquele local.

Jesus escapou da matança, pois já havia fugido com sua família para o Egito. O episódio ficou conhecido como "massacre dos inocentes".

Leia mais
  • Alemães acham corpo de peregrino mumificado com técnicas egípcias
  • Após recuperar cabelos de faraó, Egito anuncia campanha
  • Exposição em Roma traz perfumes pré-históricos de Afrodite

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre escavações arqueológicas
  • Leia o que já foi publicado sobre Heródes
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página