Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
24/12/2002 - 08h45

Andreas fura fila ao visitar Suzane Richthofen na prisão

do Agora São Paulo

O estudante Andreas Von Richthofen, 15, não teve que esperar na fila para visitar sua irmã, Suzane Von Richthofen, 19, acusada de ajudar a matar os pais, na Penitenciária Feminina do Estado de São Paulo.

Segundo a diretora da penitenciária, Andreas entrou direto porque sua presença na fila poderia causar tumulto.

Andreas obteve também permissão para que um carro fosse buscá-lo dentro da penitenciária, o que causou revolta em parentes de detentas que precisaram parar seus carros na rua.

Um deles foi multado, por ter parado em local irregular. A diretora disse que quem foi buscar Andreas é advogado, por isso pode entrar com o carro.

Suzane, o namorado Daniel Cravinhos e o irmão dele, Cristian, foram presos em 8 de novembro, após confessarem o assasinato de Marísia e Manfred von Richthofen.

O casal foi morto a golpes de barras de ferro enquanto dormia, em casa, 31 de outubro.

Suzane disse que ajudou a matar os pais "por amor" a Daniel. Manfred e Marísia eram contra o relacionamento amoroso.

Leia mais:
  • Suzane e namorado trocaram acusações sobre assassinato de casal

  • Casa dos Richthofen foi pichada após crime

  • Tio xinga namorado de Suzane Richthofen em depoimento

  • Amor de Suzane Richthofen por Daniel acabou, diz advogada

  • Suzane Richthofen recebe 5 cartas por dia no Carandiru

  • Em primeiro dia no Carandiru, Suzane fica isolada e fala com psicóloga


  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página