Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
01/07/2006 - 14h44

Scolari vê fim de série de vitórias consecutivas em Copas

Publicidade

da Folha Online

A seleção de Portugal não saiu do 0 a 0 com a Inglaterra no tempo normal e na prorrogação, neste sábado, em Gelsenkirchen, pelas quartas-de-final da Copa do Mundo-06, e pôs fim à série de vitórias seguidas do técnico Luiz Felipe Scolari em Mundiais. Mas, nos pênaltis, a equipe lusitana ganhou por 3 a 1.

Scolari, que tinha ganhado os sete jogos na campanha vitoriosa do Brasil em 2002, na Coréia do Sul e no Japão, triunfou nos quatro primeiros jogos (Angola, Irã, México e Holanda) dos portugueses na Copa-2006, totalizando um recorde de 11 vitórias consecutivas.

O empate também foi o primeiro de Portugal em Mundiais. Até então, em quatro participações na competição, o país europeu não havia terminado nenhuma vez em igualdade --nos 16 jogos anteriores, eram 11 vitórias e cinco derrotas.

Com o empate, a decisão da vaga para as semifinais foi para os pênaltis, e Portugal venceu por 3 a 1. Os dois países já tinham definido a vaga desta mesma forma nas quartas da Eurocopa-04, quando os portugueses também venceram.

Leia mais
  • Portugal de Scolari derruba Inglaterra e volta às semis 40 anos depois
  • Scolari mantém sina de carrasco da Inglaterra de Eriksson

    Especial
  • Opine: qual a melhor estratégia para o Brasil vencer a França?
  • Leia cobertura completa da Copa do Mundo-2006
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página