Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
09/07/2006 - 18h06

Pela 1ª vez, Copa não vê nenhum jogador anotar um "hat trick"

Publicidade

ANDRÉ LUÍS NERY
da Folha Online

Pela primeira vez na história, a Copa do Mundo não viu nenhum jogador anotar um "hat trick", expressão inglesa usada quando o mesmo atleta faz três gols em uma só partida.

No torneio alemão, o máximo de gols marcado por um mesmo jogador em um único jogo foi dois. O último fazê-lo foi o alemão Bastian Schweinsteiger, na vitória sobre Portugal por 3 a 1, no sábado, na decisão do terceiro lugar.

Desde a primeira edição da Copa do Mundo, no Uruguai-1930, ao menos um atleta havia alcançado tal feito. Em 2002, na Coréia do Sul e no Japão, o alemão Miroslav Klose e o português Pedro Pauleta fizeram um "hat trick".

Em 2002, Klose havia anotado três gols na vitória alemã sobre a Arábia Saudita por 8 a 0, e Pauleta tinha feito um "hat trick" no triunfo português contra a Polônia por 4 a 0. As duas partidas eram válidas pela primeira fase.

O recorde de gols em uma partida de Mundial pertence ao russo Oleg Salenko, que balançou as redes cinco vezes na vitória de sua seleção contra a Camarões por 6 a 1, em 1994. Há ainda seis jogadores que fizeram quatro gols.

Segundo a Fifa, o brasileiro recordista de gols em um jogo de Mundial é Ademir Menezes, que fez quatro na goleada de 7 a 1 contra a Suécia em 1950. Pelé anotou um "hat trick" na vitória de 5 a 2 contra a França em 1958, e Leônidas, nos 6 a 5 contra a Polônia em 1938.

Leia mais
  • Fifa "maquia" público de 50 e transforma Copa-06 na de 2ª melhor média
  • Buffon não bate recorde de Zenga, mas supera invencibilidade de Leão
  • Zidane é o 4º jogador a fazer gols em duas finais de Copas

    Especial
  • Vote:O título da Itália foi justo?
  • Leia cobertura completa da Copa do Mundo-2006
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página