Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/10/2001 - 17h52

São Paulo e São Caetano empatam em 0 a 0 no Morumbi

Publicidade

da Folha Online

O São Paulo conseguiu escapar de ser a próxima vítima do carrasco dos clubes grandes no Brasileiro-2001, mas não saiu de um empate em 0 a 0 com o São Caetano, nesta tarde, no Morumbi.

O time do técnico Nelsinho Baptista não aproveitou as poucas chances que teve, as mais perigosas da partida, e perdeu a oportunidade de vencer o líder do Nacional, que já tinha derrotado seis dos 12 "clubes grandes" que enfrentou neste ano.

Já o São Caetano ficou bem próximo de garantir matematicamente sua vaga na próxima fase do campeonato. O time do ABC é o líder, com 41 pontos.

Precisando de uma vitória para se manter entre os oito primeiros colocados do campeonato, o São Paulo somou mais um ponto e foi à sétima colocação provisória, com 30 pontos, mas deve perder um lugar no grupo dos times que se classificam às finais, com o complemento da rodada, neste domingo.

Depois de um primeiro tempo movimentado, as duas equipes não conseguiram repetir o mesmo ritmo na etapa final, e a partida seguiu muito disputada, porém com poucas chances claras de gol.

França, jogador que protaginizava os melhores lances do São Paulo, teve a principal chance de gol no jogo, aos 18min, quando após ajeitada de Dill, livre e na cara do gol, chutou de pé esquerdo por cima do travessão.

Sem seu artilheiro, Magrão (nove gols), o time do ABC parecia ter perdido a referência no ataque, sem nem explorar as jogadas aéreas, ponto fraco da defesa são-paulina nos últimos jogos. Anaílson e Esquerdinha foram os mais perigosos no primeiro tempo.

Na segunda etapa, o técnico Jair Picerni colocou o veterano Muller, mas apesar de algumas boas jogadas ele não conseguiu melhorar o poderio ofensivo do time.

Na próxima rodada, os dois times terão jogos difíceis. O São Paulo faz o clássici com o Corinthians no sábado, e o São Caetano viaja a Belo Horizonte para enfrentar o Cruzeiro no Mineirão.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Belletti, Júlio Santos, Reginaldo e Lino; Maldonado, Alexandre (Fábio Simplício), Júlio Baptista (Reinaldo) e Kaká (Leandro); Dill e França.
Técnico: Nelsinho Baptista

SÃO CAETANO
Silvio Luiz; Mancini, Daniel, Dininho e Marcos Paulo; Simão, Serginho, Adãozinho e Esquerdinha; Anaílson e Sandro Gaúcho (Muller).
Técnico: Jair Picerni

Juiz: Salvio Spinola Fagundes Filho (SP)
Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Cartão amarelo: Daniel (SC)

Leia mais:
  • Artilheiros

  • Regulamento

  • Calendário

  • Campeões

  • Curiosidades

  • Classificação

  • História

  • Clubes

  • Divirta-se
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página