Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
23/06/2004 - 23h51

Gol no final dá empate ao Fla no 1º jogo da decisão contra o Santo André

Publicidade

da Folha Online

No jogo mais importante de sua história até hoje, o Santo André esteve perto de vencer o Flamengo, mas acabou cedendo o empate por 2 a 2 ao time carioca, na noite desta quarta-feira, no Parque Antarctica, na primeira partida das finais da Copa do Brasil. Apesar de jogar fora de casa, o time do Rio contou a maior parte dos torcedores no estádio.

Com o resultado, a equipe do ABC Paulista, que teve que jogar na capital devido à capacidade reduzida de seu estádio, precisa vencer o jogo de volta, na próxima quarta, no Rio, para ficar com o título. O Flamengo levanta o troféu com um empate por até um gol.

Depois de sair atrás no placar, a equipe paulista mostrou capacidade de reação, característica marcante do time ao longo do torneio, mas levou um gol de bola parada aos 39min do segundo tempo.

As reações impressionantes do Santo André fizeram do time a sensação da competição. Nas quartas-de-final, a equipe empatou por 3 a 3 com o Palmeiras na primeira partida depois de ficar duas vezes atrás no placar. No segundo jogo, o time chegou a estar perdendo por 4 a 2, mas conseguiu novo empate e avançou por ter marcado mais gols fora de casa.

Nas semifinais, diante do 15 de Novembro-RS, outra sensação do torneio, o Santo André foi derrotado em São Paulo por 4 a 3. Na partida de volta, jogando em Porto Alegre, o clube do ABC sofreu o primeiro gol, mas conseguiu virar para 3 a 1.

Nesta quarta, a equipe andreense começou pressionando, mas logo o Flamengo passou a dominar e teve as primeiras boas chances.

Aos 15min, Negreiros chutou à esquerda de Júlio César. Três minutos depois, Jean bateu cruzado da direita para boa defesa do goleiro.

Melhor, o Flamengo chegou ao gols aos 26min. Ibson cobrou falta na área e Roger escorou de cabeça para marcar.

O Santo André teve as melhores oportunidades em chutes de longa distância, com Ramalho, aos 30min, e duas vezes com Osmar, aos 39min e aos 41min.

Depois do primeiro tempo decepcionante, a equipe paulista voltou melhor na segunda etapa. Logo aos 7min, Romerito alçou a bola pela esquerda e Osmar, de cabeça, empatou, contando com falha da defesa, que tentou forçar impedimento.

Aos 15min, veio a virada. Romerito aproveitou mais uma falha da zaga carioca e acertou um belo chute de perna esquerda, sem chances para Júlio César.

Porém aos 39min, Athirson, que havia entrado no lugar de Roger, deixou tudo igual. O lateral cobrou falta com força e a bola passou no meio da barreira, entrando no canto esquerdo do goleiro.

SANTO ANDRÉ
Júlio César; Gabriel, Alex e Dedimar; Da Guia (Diego), Dirceu, Ramalho, Elvis (Barbieri) e Romerito; Sandro Gaúcho e Osmar (Makanaki)
Técnico: Péricles Chamusca

FLAMENGO
Júlio César; Reginaldo Araújo, André Bahia, Fabiano Eller e Roger (Athirson); Da Silva (Robson), Douglas, Ibson e Felipe; Jean e Negreiros (Diogo)
Técnico: Abel Braga

Local: estádio do Parque Antarctica, em São Paulo
Juiz: Wilson de Souza Mendonça (PE)
Cartões amarelos: Gabriel (S)
Gols: Roger, aos 27min do primeiro tempo; Osmar, aos 7min, Romerito, aos 15min, e Athirson, aos 39min do segundo tempo

Leia mais
  • Santo André tenta repetir feito das quartas-de-final no Maracanã

    Especial
  • Arquivo: Veja o que já foi publicado sobre o Santo André na Copa do Brasil
  • Arquivo: Veja o que já foi publicado sobre o Flamengo na Copa do Brasil
  • Leia mais notícias no especial da Copa do Brasil-2004
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página