Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
18/02/2006 - 23h59

"Satisfaction" fecha show histórico dos Rolling Stones no Rio

Publicidade

JANAINA LAGE
MARCIO DINIZ
da Folha Online, no Rio

Os veteranos do Rolling Stones levaram uma multidão para as areias da praia de Copacabana, no Rio, durante show histórico, que deve virar DVD e cujas imagens serão utilizadas na produção de um filme.

O megaevento (veja galeria de fotos) reuniu 1,3 milhão de pessoas, segundo o Corpo de Bombeiros, e um milhão, de acordo com números da Polícia Militar. Apesar da multidão, o show seguiu tranqüilo, com poucos incidentes reportados.

Foi com o hit "Satisfaction", o mais famoso sucesso do grupo, que os Stones encerraram o show gratuito no Rio. O vocalista Mick Jagger, 62, voltou para o bis vestindo uma camiseta com a bandeira do Brasil e as inscrições "Rio de Janeiro" e "Brasil".

Ana Carolina Fernandes/Folha Imagem
Mick Jagger empolga público em Copacabana. Os Stones tocaram para 1,3 milhão de pessoas
Mick Jagger apresentou ao público 20 músicas (veja baixo), entre sucessos e canções do novo álbum. Usando calça preta e uma jaqueta prateada, o roqueiro entrou no palco e abriu o espetáculo com a tradicional "Jumpin" Jack Flash", de 1968. Depois da primeira performance, arriscou um "olá Rio, olá Brasil", para emendar a segunda composição.

Pouco depois, ele levou o público ao delírio quando gritou: "Copacabana, esta é a melhor festa do mundo". A platéia, que respondeu com gritos, cantou junto "Oh no not you again" na seqüência.

Jagger manteve o público animado ao utilizar passarelas laterais montadas no palco, chegando bem próximo às pessoas na areia. Entre uma canção e outra, ele arriscou de novo o português, e se saiu bem: "Tem gente de São Paulo aí? E da Bahia? E Porto Alegre? E do Rio?", disse. "Vocês são fantásticos", continuou.

Também teve seu momento de glória o guitarrista Keith Richards, quando cantou "This Place is Empty". No final, ouviu do público gritos de "olê, olê, Richard, Richard".

A apresentação, que começou por volta das 21h45 e terminou às 23h50, faz parte da turnê "A Bigger Bang". O grupo Titãs, o DJ Marcelo Janot e o grupo AfroReggae abriram o espetáculo.

Com mais de 40 anos de carreira, os Stones são a banda de rock com mais tempo de estrada que ainda se mantém em atividade com sucesso. Segundo a revista "Forbes", o grupo foi o que mais ganhou dinheiro em 2005: US$ 168 milhões (R$ 370 milhões) com CDs e shows.

Multidão

Folha Imagem
Mais de um milhão estão na praia de Copacabana
Mais de um milhão estão na praia de Copacabana
Os integrantes do Rolling Stones chegaram à praia por meio de uma passarela, construída especialmente para unir o palco e o hotel Copacabana Palace, onde os músicos e uma comitiva com mais de 150 pessoas estão hospedadas.

Desde a noite da sexta-feira, fãs do grupo começaram a guardar lugares nas imediações do palco. A aglomeração não parou de crescer ao longo do dia, mesmo sob um calor de cerca de 40 graus. Os bombeiros tiveram inclusive de esguichar a multidão na praia.

Outras centenas de curiosos permeneceram em frente ao Copacabana Palace. Apesar de proibido, o comércio de ambulantes é bastante intenso na região. Os ambulantes vendem desde cachorros-quentes a caipirinhas (servidas em bandejas) até binóculos.

Veja o set list:

- "Jumpin" Jack Flash"
- "It's Only rock and roll
- "You Got Me Rock"
- "Tumblin dice"
- "Oh no not you again"
- "Wild Horses"
- "Rain fall down"
- "Midnight rambler"
- "The night time is the right time"
- "This place is empty"
- "Happy"
- "Miss You"
- "Rough Justice"
- "Get off of my cloud"
- "Honky tonk woman"
- "Sympathy for de devil"
- "Start me up"
- "Brown Sugar"
- "You Can't Always get what you want"
- (I Can't Get No) Satisfaction

Leia mais
  • Em ano de eleição, políticos aparecem em show do Stones
  • Titãs empolga público com hits políticos no Rio

    Especial
  • Veja galeria de fotos do show dos Stones no Brasil
  • Confira o especial sobre os shows dos Stones e do U2 no Brasil
  • Leia o que já foi publicado sobre o Rolling Stones
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página