Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
01/12/2007 - 18h30

Urnas físicas serão "comparadas" com voto eletrônico na Venezuela

Publicidade

da Efe, em Caracas

O CNE (Conselho Nacional Eleitoral) da Venezuela informou neste sábado que abrirá 54% das "urnas eleitorais" onde se depositará o voto físico do referendo do domingo, para assim comparar o resultado do voto eletrônico.

"Mais da metade das caixas que guardarão os votos físicos do referendo se abrirão para dar garantia do processo eleitoral", destacou em declarações à emissora estatal de televisão "VTV" Humberto Castillo, um dos diretores do CNE.

"O que antes era uma caixa-preta, agora é uma caixa translúcida, já que 54% das urnas eleitorais de resguardo se abrem", por isso que não há possibilidade de que o voto eletrônico não reflita "a vontade dos cidadãos", explicou.

Castillo disse ainda que no referendo --que decidirá a sorte da intenção governamental de reformar 69 dos 350 artigos da Constituição de 1999-- participarão quase 100 mil testemunhas eleitorais "das duas orientações, que estarão atentos do processo."

Acompanhe as notícias em seu celular: digite o endereço wap.folha.com.br

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página