Descrição de chapéu Cinema

Achei que era criança quando vi a animação, mas tinha 17, diz ator de novo 'Rei Leão'

Chiwetel Ejiofor dá voz ao vilão Scar na versão do longa da Disney, que estreia na quinta no Brasil

Rodolfo Vicentini
Los Angeles | UOL

Quando "O Rei Leão" foi lançado nos Estados Unidos, em junho de 1994, Chiwetel Ejiofor era um adolescente que foi ao cinema e se apaixonou pelo desenho. Tanto que ele acha ainda hoje, pelo menos no seu inconsciente, que era uma criança quando viu o filme pela primeira vez. 

"Eu sempre pensei que tivesse uns cinco anos quando 'Rei Leão' foi lançado. Na verdade tinha 17", disse. 

"Mas [a animação] me fez sentir que era ainda uma criança, e essa é a coisa mais importante, porque eu acho que é uma história maravilhosa e muito bem contada", acrescentou Ejiofor. 

Passados 25 anos desde o lançamento da versão original, o ator britânico, que acabou de completar 42 anos, dá voz ao grande vilão Scar na nova versão, que abusa de uma poderosa tecnologia de Hollywood para dar vida aos icônicos personagens. 

E a sensação que o ator teve ao ver a nova versão pela primeira vez foi semelhante àquela de quando ele era um adolescente deslumbrado. 

"Eu senti que minha alma foi nutrida quando vi o novo filme, tanto pelo visual, os personagens, a forma como a história é contada e claro que pela música. A sensação que dá é que você está vendo o pacote completo, e é difícil conseguir ser melhor do que isso." 

Chiwetel Ejiofor estará nos cinemas brasileiros como o tio invejoso de Simba a partir do dia 18 de julho. Dirigido por Jon Favreau, "O Rei Leão" ainda tem como dubladores James Earl Jones, Beyoncé, Donald Glover, Seth Rogen, Billy Eichner, John Oliver e John Kani. 

A versão em português será protagonizada por Ícaro Silva e a cantora Iza como Simba e Nala, respectivamente. 

O repórter viajou a convite da Disney

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.