Descrição de chapéu Livros

Prêmio Jabuti homenageia Adélia Prado e tem nova categoria neste ano

Inscrições para o principal troféu literário brasileiro foram abertas nesta terça-feira (17)

São Paulo

A principal premiação de literatura brasileira, o Jabuti, abriu nesta terça-feira (17) as inscrições para sua edição de 2020, que ocorrerá em setembro. Neste ano, a cerimônia, que terá pela primeira vez a categoria romance de entretenimento, homenageará a escritora mineira Adélia Prado.

Depois de celebrar Conceição Evaristo na última edição, a Câmara Brasileira do Livro (CBL), responsável pelo prêmio Jabuti, escolheu Prado para ser a grande homenageada da vez. A autora já recebeu diversas condecorações nacionais e internacionais, incluindo o maior Prêmio Canadense de poesia, o Griffin. Em 1978, seu livro de poemas "O Coração Disparado" foi premiado pelo Jabuti.

A poetisa Adélia Prado durante a Flip (Festa Literaria de Paraty) de 2010
A poetisa Adélia Prado durante a Flip (Festa Literaria de Paraty) de 2010 - Ana Carolina Fernandes/Folhapress

Nesta edição, há quatro eixos que formam as categorias dos prêmios: literatura, ensaios, livro e inovação.

A categoria humanidades foi dividida em ciências humanas e ciências sociais, porque, segundo os organizadores, foi a que teve o maior grupo de livros inscritos nos últimos anos, o que tornava o trabalho do avaliador mais complexo que o das demais categorias.

O curador do Prêmio, Pedro Almeida, afirma que a nova categoria, romance de entretenimento, foi criada para premiar os autores nacionais de ficção que, normalmente, não são contemplados pelos prêmios de literatura.

"Ela renova o prêmio e o atualiza com o que acontece e se produz na indústria editorial, diante dos olhos de um público leitor e, mais do que nunca, inova. É o prêmio Jabuti atravessando as fronteiras da academia para chegar ainda próximo dos leitores. Buscamos com essa inclusão reconhecer os autores nacionais de ficção para que eles se tornem tão populares quanto Tolkien, Shelley e Bram Stoker, Julio Verne, Charlotte Brontë e José Mauro Vasconcelos e Agatha Christie", diz Almeida.

A partir de agora, a categoria romance será chamada de Romance Literário. Outra novidade importante é que o prêmio de impressão foi retirado do Jabuti. Em nota, a organização do evento afirma que considera o Prêmio Fernando Pini, realizado pela Abigraf, muito mais relevante na indústria gráfica e, por isso, tomou a decisão de apoiá-lo, sem promover a categoria.

O vencedor do Livro do Ano do prêmio Jabuti 2020 será escolhido entre as obras vencedoras dos eixos literatura e ensaios. As inscrições vão de 17 de março a 30 de abril de 2020 e podem ser feitas por meio do site, onde está disposto o regulamento completo da premiação.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.