Grafites de Banksy sobre coronavírus são removidos do metrô de Londres

Após serem divulgadas pelo autor, obras que estimulavam uso da máscara são apagadas

São Paulo

Após Banksy divulgar em seu Instagram um vídeo de sua obra mais recente —uma série de grafites no metrô de Londres—, as ilustrações foram removidas do local. Nelas, aparecem ratos espirrando e usando máscaras, ao lado de frases relacionadas à atual pandemia do novo coronavírus.

A intervenção chamada "If You Don't Mask, You Don't Get" foi apagada pouco tempo depois de Banksy a realizar. A organização responsável pelos transportes da cidade, Transport for London, informou em nota, nesta terça-feira (14), que a remoção aconteceu por violar a "rígida política antigrafite" do metrô londrino, mas reconhece, agora, que os grafites desenhados por Banksy estimulavam o uso das máscaras.

Desenho de Banksy divulgado no Instagram do artista. Ilustração mostra rato voando em paraquedas feito de máscara
Desenho de Banksy divulgado no Instagram do artista - Reprodução

A Transport for London afirmou ainda que pretende oferecer ao artista um outro espaço, dentro do metrô, para "fazer uma nova versão da mensagem para os usuários [do metrô]".

No vídeo publicado por Banksy na terça (14), o artista mostra a frase "I get lockdown, but I get up again", e os grafites que realizou no espaço.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.