Descrição de chapéu Multitela

2ª Bienal Black Brazil Art exibe obras de artistas negros e traz oficinas online

Veja os destaques da programação da televisão e do sob demanda nesta quinta (13)

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Sob o tema "Cartografia e Hibridismo do Corpo Feminino: Representação Visual e Afetiva", a segunda edição do evento reúne cerca de 250 obras de mais de cem artistas negros brasileiros, entre pinturas, esculturas, fotografias, videoarte e performances.

0
Imagem de divulgação da 2ª Bienal Black Brazil Art - Divulgação

Também oferece apresentações, oficinas e palestras, gratuitas e virtuais, até 18 de julho. A programação completa pode ser conferida em bienalblack.com.br.

Canal Black Brazil Art no YouTube, 19h


1883

Esta nova série narra os acontecimentos anteriores a "Yellowstone", da qual é derivada. A trama acompanha a jornada da família Dutton pelo oeste americano.

Paramount+, 16 anos


Home Economics

Topher Grace, de "That 70's Show", produz e atua nesta série sobre três irmãos de diferentes situações financeiras --um é rico, enquanto os outros vivem no vermelho.

Amazon Prime Video, 14 anos


Nureyev

Rudolf Nureyev, tido como o maior bailarino do século passado, é o tema do documentário de Jacqui e David Morris. Nascido na Rússia, ele fugiu para o Ocidente em 1961.

Netflix, 14 anos


Flores Raras

O filme de Bruno Barreto conta a história de amor entre a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soares e a poeta americana Elizabeth Bishop, vividas, respectivamente, por Glória Pires e Miranda Otto.

Canal Brasil, 20h30, 14 anos


Sybil

Virgine Efira, que está em cartaz como a protagonista de "Benedetta", faz uma psiquiatra em luta contra o alcoolismo. Mas uma nova paciente, uma atriz em ascensão, desperta nela o desejo de voltar a escrever.

Telecine Cult, 22h, 16 anos


Coringa

Estreia na TV aberta a história de origem do maior inimigo do Batman. O filme de Todd Phillips venceu o Festival de Veneza de 2019, e o papel do comediante fracassado que se torna vilão rendeu o Oscar ao ator Joaquin Phoenix.

Globo, 22h40, 16 anos

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.