Aeroporto de Londres é reaberto após retirada de bomba da 2ª Guerra

London City ficou fechado durante toda a segunda-feira

O aeroporto London  City, no leste da capital britânica, voltou a funcionar nesta terça-feira (13) depois que uma bomba da Segunda Guerra Mundial (1939-1945) não explodida foi retirada da região.

O aeroporto London City, que ficou fechado após descoberta de bomba da Segunda Guerra - REUTERS

Durante toda a segunda-feira o aeroporto permaneceu fechado. O artefato de cerca de 500 quilos foi encontrado durante a realização de obras perto de um cais do rio Tâmisa, localizado próximo à pista do aeroporto.

Um perímetro de 214 metros foi esvaziado por precaução enquanto a bomba era retirada ---ela estava dentro da água, a 15 metros de profundidade. 

O London City atende a companhias que realizam voos curtos e também jatos e helicópteros.

Aviões da Alemanha nazista realizaram, em 1940, um bombardeio conhecido como Blitz de Londres, que durou oito meses. Nem todas as bombas explodiram, e muitas continuam sendo descobertas na cidade.

Apesar de antigos, os artefatos ainda podem funcionar. Por isso, as operações mobilizam até as forças armadas britânicas.

agências de notícias

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.