Papa Francisco anuncia visita à Irlanda, após referendo sobre aborto

Viagem será em agosto e não incluirá parada na Irlanda do Norte

Vaticano | Reuters

O papa Francisco anunciou nesta quarta-feira (21) que fará a primeira visita de um papa à Irlanda em 40 anos. A Irlanda do Norte não fará parte da viagem.

A viagem de Francisco a Dublin em 25 e 26 de agosto coincide com a conclusão de um encontro internacional da Igreja Católica sobre as famílias. 

Manifestantes protestam por mudanças nas lei de aborto, em Dublin (Irlanda) - Clodagh Kilcoyne - 8.mar.18/Reuters

Em 25 de maio, o país realiza um referendo sobre o aborto. Em 2015, um referendo aprovou o casamento gay. 

O premiê irlandês, Leo Varadkar, o primeiro líder abertamente gay do país, disse que fará campanha pela liberalização das rígidas leis do aborto no país. 

O último papa a visitar a Irlanda por João Paulo 2º, em 1979, o mesmo ano em que Varadkar nasceu.

A revelação de inúmeros casos de pedofilia na Igreja Católica abriu uma crise entre a Irlanda e as autoridades eclesiais. 

Em 2011, Dublin fechou sua embaixada no Vaticano após divergências sobre a maneira como a Igreja Católica irlandesa havia lidado com denúncias de abuso sexual e acusações de que o Vaticano havia fomentado o segredo sobre os casos. A embaixada acabou sendo reaberta em 2014.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.