Represa se rompe e deixa centenas de desaparecidos no Laos

Ao menos 6.000 pessoas perderam suas casas com a inundação no sudeste asiático

 
 

Uma represa que alimenta uma usina hidrelétrica se rompeu em Attapu, no sul do Laos, na manhã de terça-feira (24) e deixou ao menos 19 mortos. Muitas pessoas ainda estão desaparecidas. 

Logo após o acidente, a agência de notícias estatal disse que centenas de pessoas estavam desaparecidas e que "muitas vidas foram perdidas". Ao menos 6.000 pessoas perderam suas casas com a inundação. 

A região de Attapu fica na fronteira de Laos com o Vietnã e o Camboja, no sudeste asiático. 

A represa Xepian-Xe Nam Noy foi construída em uma parceria de empresas da Coreia do Sul com apoio de companhias do Laos e da Tailândia. Ela deveria começar a funcionar neste ano.

Uma das empresas envolvidas no projeto disse que o centro da represa havia afundado 11 centímetros na última sexta-feira, mas que os reparos no projeto foram interrompidos por fortes chuvas que causaram a inundação. 

A chuva deve continuar nos próximos dias, o que pode atrapalhar o resgate dos moradores da região.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.