Controlador de tráfego aéreo vira herói após terremoto na Indonésia

Anthonius Gunawan Agung, 21, esperou que avião decolasse para deixar torre e acabou morrendo

Danos provocados pelo terremoto no aeroporto Mutiara Sis Al Jufri Airport, em Palu, na Indonésia - Reuters
Jacarta | AFP

A terra começou a tremer, mas o controlador de tráfego aéreo  Anthonius Gunawan Agung, 21, continuou em seu posto para garantir que um avião comercial pudesse decolar do aeroporto de Mutiara Sis Al Jufrie, em Palu, na Indonésia. 

Segundo autoridades do aeroporto, o avião da companhia Batik Air decolou com sucesso. Os companheiros de Agung já haviam deixado a torre de controle. Ele não sobreviveu. 

"Quando começou o terremoto, ele estava dando autorização de decolagem a um voo de Batik Air e esperou que o avião estivesse no ar para abandonar a torre de controle de tráfego aéreo", afirmou o porta-voz da AirNav Indonesia, organização de supervisão do controle aéreo, Yohanes Harry Sirait. 

Após a decolagem do voo 6231, os tremores se tornaram mais fortes. O sismo, seguido de um tsunami, provocaram mais de 800 mortes na ilha de Sulawesi.

O edifício começou a desmoronar, e Agung pulou do quarto andar. Na queda, ele quebrou as duas pernas e sofreu lesões internas.

Chegou a ser levado a um hospital local, mas não resistiu até a chegada de um helicóptero que o levaria a um hospital mais bem equipado.

Como reconhecimento de seu valor, a AirNav anunciou que irá promover postumamente o rapaz. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.