Descrição de chapéu Venezuela

Militares derrubariam Maduro 'rapidamente' se quisessem, diz Trump

Presidente americano não comenta sobre suposto plano militar contra ditador venezuelano

Nova York

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse nesta terça-feira que o ditador venezuelano, Nicolás Maduro, poderia ser "derrubado muito rapidamente" por militares venezuelanos se eles quisessem.

"É um regime que francamente poderia ser derrotado muito rapidamente pelos militares se os militares decidem fazê-lo", afirmou a jornalista na sede da ONU.

Trump se negou a responder, no entanto, sobre um suposto plano militar contra Maduro."Não gosto de falar de coisas militares", afirmou.

O presidente dos EUA, Donald Trump, na sede da ONU em Nova York - Nicholas Kamm/AFP

Há duas semanas, o jornal The New York Times afirmou que funcionários do governo Trump se reuniram secretamente com militares venezuelanos para discutir planos para derrubar Maduro. 

Os planos no entanto teriam sido deixados de lado depois que Washington deixou de fornecer apoio material ao grupo de militares dissidentes, além da prisão de diversos deles por forças leais a Maduro.

O ditador venezuelano afirmou que a reportagem comprovava a existência de países estrangeiros trabalhando contra seu governo, em especial os Estados Unidos.

Apesar dos planos dos militares, os principais dirigentes opositores mantêm sua rejeição a uma ação militar desde agosto de 2017, quando Trump disse que não descartava usar a opção militar contra o regime de Maduro.

​“Quem pede uma intervenção militar não tem família na Venezuela”, disse nesta terça o deputado Luis Florido, ex-presidente da Comissão de Relações Exteriores da Assembleia Nacional. 

“Temos que falar a verdade aos venezuelanos: não vamos sair desta tragédia com mais tragédia. E os dirigentes políticos que somos responsáveis temos que dizer isso.” 

Em seu discurso na Assembleia Geral da ONU, Trump afirmou que a Venezuela vive uma "tragédia humana".

"Não faz muito tempo, a Venezuela era um dos países mais ricos da Terra. Hoje, o socialismo arruinou esta nação rica em petróleo e levou seu povo à pobreza abjeta", afirmou.

"Todas as nações do mundo devem resistir ao socialismo e à miséria que traz para todos. Nesse espírito, pedimos às nações reunidas aqui que se unam a nós no apelo pela restauração da democracia na Venezuela", disse Trump.

AFP

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.