Avião militar cai sobre cidade e mata 17 no Paquistão

Aeronave do Exército atingiu área residencial de Rawalpindi

Rawalpindi (Paquistão) | AFP

Ao menos 17 pessoas morreram na queda de um avião do Exército em uma área residencial da cidade paquistanesa de Rawalpindi, ao lado da capital, Islamabad, segundo um oficial da equipe de resgate.

"Encontramos 17 corpos, sendo 12 civis e cinco membros da tripulação. Mais 12 pessoas ficaram feridas", disse Farooq Butt, porta-voz dos serviços de resgate.

O Exército informou que o acidente envolveu um avião de instrução que realizava uma missão de rotina. O acidente ocorreu nesta terça-feira (30), na periferia de Rawalpindi, sede do Exército do país.

Soldados paquistaneses montam guarda perto de local danificado após queda de avião em Rawalpindi
Soldados paquistaneses montam guarda perto de local danificado após queda de avião em Rawalpindi - Reuters

O local do acidente foi rapidamente isolado pelas forças de segurança, enquanto dezenas de ambulâncias circulavam pela região.

"Estava dormindo quando um forte barulho de explosão me acordou. Saí da minha casa e vi chamas enormes. Corremos até o local e havia pessoas gritando", disse Mohamad Sadiq, que mora na região há cerca de 50 anos.

"Os vizinhos tentaram ajudar, mas as chamas eram muito altas, e o fogo, muito intenso. Não pudemos fazer nada. Entre os mortos há sete membros de uma mesma família, e a maioria morreu devido a queimaduras", completou Sadiq.

"Acordei quando o avião passou sobre o meu quarto e já estava em chamas no ar. O barulho era ensurdecedor", disse outro morador, Ghulam Khan. "Depois caiu sobre uma casa na qual vivia uma família."

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.