Estátua de Melania Trump é retirada após ser queimada na Eslovênia

Obra foi vandalizada no dia 4 de julho, data em que EUA comemoram independência

Marja Novak
Rozno (Eslovênia) | Reuters

Uma escultura de madeira que homenageava Melania Trump, nos arredores de Sevnica, cidade natal da primeira-dama dos EUA, foi retirada após a imagem ter sido queimada na noite de 4 de julho, data em que os americanos comemoram a independência do país.

A estátua, inaugurada em julho do ano passado, na Eslovênia, foi feita pelo artista americano Brad Downey, 39, para quem esse é o primeiro monumento no mundo dedicado à esposa de Donald Trump.

Downey afirmou à agência de notícias Reuters que retirou a estátua queimada e desfigurada assim que a polícia o informou do incidente, no dia 5 de julho.

"Quero saber por que fizeram isso", disse o artista, que esperava que a escultura fomentasse um diálogo sobre a situação política nos Estados Unidos, destacando o status de Melania como uma imigrante casada com um presidente que coloca em prática políticas anti-imigração.

A porta-voz Alenka Drenik disse que a polícia local está investigando o caso. Downey contou à Reuters que gostaria de entrevistar os responsáveis pelo ato de vandalismo para um filme que está preparando.

A estátua foi esculpida em uma árvore com motosserra e mostra a primeira-dama de azul e levantando a mão esquerda, reproduzindo o gesto que Melania fez durante a posse do marido, em 2017.

Construída no estilo naif, a estátua provocou críticas que diziam, por exemplo, que a obra parecia um "espantalho". Em entrevista logo após a inauguração, Downey afirmou que achava o resultado "absolutamente lindo".

Desde que Trump assumiu a Presidência nos EUA, a tranquila Sevnica se transformou em um ímã para turistas e jornalistas em busca do passado da primeira-dama americana.

Os comerciantes locais aproveitam o interesse para oferecer uma grande quantidade de produtos alimentícios e mercadorias com o nome de Melania, assim como um passeio pelos locais onde ela passou seus primeiros anos de vida.

Quem visita a cidade pode encontrar o pastel de Melania, o mel de Melania e até as sapatilhas de Melania.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.