Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
11/08/2010 - 11h15

Brasileira de 14 anos é condenada por sexo com motorista nos Emirados Árabes

Publicidade

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

Uma adolescente brasileira de 14 anos, cujo nome não foi revelado, foi condenada à prisão em Abu Dhabi, nos Emirados árabes Unidos, por ter feito sexo consensual com um motorista de ônibus escolar paquistanês, de 28 anos, informa a imprensa local. A garota deve ser deportada após cumprir pena.

A jovem alegou inicialmente que havia sido estuprada pelo paquistanês, mas mudou o testemunho durante uma audiência na corte no fim de julho, de acordo com o jornal "The National". A promotoria a acusou então de ter mantido relações sexuais consensuais, após combinar o encontro por meio do que chamou de mensagens de texto eróticas.

O "Gulf News" afirma que o motorista paquistanês foi condenado a um ano de prisão e também será deportado.

Os advogados da garota solicitaram que o paquistanês fosse acusado de estupro estatutário, de acordo com o mesmo jornal. Em muitos países, a adolescente seria considerada menor de idade para ter uma relação sexual, mesmo consensual.

Mas nos Emirados Árabes Unidos, lembra o "National", crimes relacionados ao sexo são analisados de acordo com a sharia, lei islâmica, segundo a qual os acusados que já passaram pela puberdade são julgados como adultos.

Sexo fora do casamento é considerado ilegal nos Emirados Árabes Unidos.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página