Descrição de chapéu Café da Manhã desmatamento

Por que Salles, o presidente do Ibama e madeireiras estão na mira da PF; ouça podcast

Investigação da Polícia Federal apura suposto esquema de exportação ilegal de madeira

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A Polícia Federal sustenta que existem indícios de que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, esteve envolvido em um suposto esquema que possibilitou a exportação de madeira ilegal para países como os Estados Unidos e a Dinamarca.

Em um relatório enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) que embasa a operação Akuanduba, a PF também aponta supostos crimes cometidos pelo presidente do Ibama, Eduardo Bim. Sob o comando dele, o Ibama publicou um despacho suspendendo a necessidade de autorização do órgão ambiental para a exportação de madeira —o documento está no centro da apuração da polícia.

No episódio desta sexta (28), o Café da Manhã conversa com o repórter da Folha em Brasília Vinícius Sassine para entender quais são as suspeitas contra Salles e Eduardo Bim e o que a Polícia Federal já encontrou na investigação.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia. O episódio é apresentado pelos jornalistas Maurício Meireles e Bruno Boghossian, com produção de Jéssica Maes, Laila Mouallem e Victor Lacombe. A edição de som é de Thomé Granemann.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.