Descrição de chapéu Governo Bolsonaro

Livro lista cinco fatores que alçaram o bolsonarismo ao poder no Brasil

Narrativa é acompanhada de imagens feitas por fotógrafo colaborador da Folha em manifestações dos últimos anos

São Paulo

De deputado federal folclórico a presidente da República: a ascensão de Jair Bolsonaro (PSL) da Câmara ao Palácio do Planalto é alvo de debates no meio acadêmico, na classe política e na sociedade. Mas que fatores possibilitaram essa escalada ao poder?

No livro "A Ascensão do Bolsonarismo no Brasil do Século XXI" (Lura Editorial), que será lançado neste sábado (31) na Bienal do Livro do Rio de Janeiro, o jornalista Cesar Calejon enumera cinco fatores que contribuíram para o triunfo nas urnas em 2018.

São eles: o antipetismo, o elitismo histórico, o dogma religioso, o “sentimento de antissistema” e a disseminação de notícias falsas ou discurso de ódio e medo a partir do uso de ferramentas como WhatsApp e Facebook.

A tendência foi verificada pelo autor a partir de pesquisas e entrevistas com especialistas em ciência política, relações internacionais, jornalistas, psicólogos e políticos, entre outras fontes.

A narrativa é acompanhada por imagens feitas de 2013 a 2018 por Adriano Vizoni, repórter fotográfico da Folha que acompanhou grande parte das manifestações citadas na obra.

O jornalista ainda aponta que a vitória de Bolsonaro não é um fato isolado e guarda semelhanças com acontecimentos anteriores no exterior, como o brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia, e a eleição de Donald Trump à Presidência dos Estados Unidos, em 2016.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.