Minidocumentário marca os 30 anos da eleição presidencial de 1989; assista

Vinte e dois candidatos disputaram o pleito, marcado por um contexto de crise econômica e hiperinflação

São Paulo

Há 30 anos, em 15 de novembro de 1989, os brasileiros enfim iam às urnas para escolher um presidente da República. Foi a primeira eleição direta em 29 anos, realizada num clima de empolgação cívica poucas vezes visto antes ou depois.

Disputaram o pleito, ocorrido em um contexto de grave crise econômica e hiperinflação, 22 candidatos, entre eles figuras emblemáticas da política como Ulysses Guimarães, Leonel Brizola, Mário Covas, Paulo Maluf e os dois nomes que passaram para o segundo turno, Fernando Collor e Luiz Inácio Lula da Silva.
Collor seria eleito na etapa final, em 17 de dezembro daquele ano.

Foi uma campanha rica em fatos memoráveis, com debates acalorados e até uma tentativa do apresentador Silvio Santos de se candidatar na última hora.

No documentário "Finalmente, Diretas +30", pessoas que estiveram envolvidas com aquele momento histórico relembram episódios marcantes e falam sobre a importância da eleição para a consolidação da nossa democracia.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.