Descrição de chapéu Copa do Mundo Salada Russa

Clóvis Rossi: Jogo de estreia foi medíocre, digno de Campeonato Brasileiro

Donos da casa fizeram 5 a 0 no primeiro jogo do Mundial, em Moscou

Uirá Machado
São Paulo

O jogo de estreia, apesar do 5 a 0 para a Rússia, foi de uma “mediocridade digna de figurar no Campeonato Brasileiro”, afirmou Clóvis Rossi durante o programa Salada Russa. 

“Agora, não poderiam ter arrumado um adversário melhor para o país anfitrião do que a Arábia Saudita, que é muito, muito fraco”, disse o colunista da Folha.

Colunista da Folha, ele defendeu inclusive que a Fifa reveja os critérios de classificação das seleções por região: “Não faz sentido, do ponto de vista da qualidade, não ter Itália e ter a Arábia Saudita, não ter Chile e ter Panamá”.

Para Luís Curro, que mantém o blog O Mundo É uma Bola, a goleada faz a Rússia sair por cima após uma sequência de sete resultados negativos.

Diogo Bercito, especialista em estudos árabes, acompanhou a repercussão da estreia nas redes sociais entre pessoas que falam árabe. De acordo com ele, não havia nenhuma expectativa em relação à seleção da Arábia Saudita.

As piadas eram leves, como uma foto do desembarque da seleção saudita acompanhada de uma legenda: “Deixe o motor [do avião] ligado que a gente já volta”.

Depois que os gols se acumularam, circulou uma imagem em que apareciam o presidente da Rússia, Vladimir Putin, ao lado do príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammad bin Salman. A legenda inventada: “Se a gente quisesse ganhar, deveria ter pago mais...”.

Em relação ao Brasil, Curro disse que ainda precisa entender o porquê de tamanho desinteresse dos brasileiros num momento em que a seleção “chega por cima, inclusive com Neymar recuperado”.

Ele lembra que o Brasil de Tite perdeu apenas uma partida em 21 jogos e que ganhou da Alemanha num amistoso.  

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.