Vídeo mostra briga com troca de socos e tiros em um elevador no litoral de SP

DE SÃO PAULO

Uma briga em um elevador de um prédio residencial em Praia Grande, no litoral sul paulista, terminou com um guarda municipal baleado.

Segundo o registro policial, a confusão envolveu três guardas municipais e um comerciante. O tumulto ocorreu por volta das 0h30 do dia 31 de dezembro (domingo).

Imagens de segurança do elevador mostram, primeiro, dois guardas dentro do equipamento, quando, num dado momento, um comerciante, de 21 anos, e a mulher dele entram no elevador.

Crédito: Reprodução Vídeo mostra briga com troca de socos e tiros em um elevador no litoral de SP
Vídeo mostra briga com troca de socos e tiros em um elevador no litoral de SP

O registro da Polícia Civil não descreve o motivo da briga, mas as imagens captam uma discussão entre os dois guardas e o comerciante. Um terceiro colega dos guardas também participa da briga quando o elevador para no terceiro andar do prédio.

Durante a troca de socos e pontapés, o comerciante consegue pegar o revólver de um dos guardas que havia caído no chão.

Tiros são disparados e um deles atinge o guarda, de 34 anos, na coxa direita. Ele foi levado para o pronto-socorro do Hospital Irmã Dulce, onde passou por cirurgia para retirar a bala e já recebeu alta.

Uma equipe da Polícia Militar esteve no local e rendeu um dos guardas e o comerciante, que mora em Jundiaí (Grande SP).

As armas dos profissionais de segurança foram apreendidas e encaminhadas para perícia. O boletim que registrou a ocorrência não diz se algum dos envolvidos foi preso, mas confirma que todos terão que prestar depoimento à Polícia Civil. Os três guardas civis moram em Praia Grande. Um inquérito sobre o caso foi instaurado na delegacia do município.

Crédito: Série especial mostra a dinâmica das mortes em diferentes lugares do país

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.