Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
12/06/2012 - 10h56

Netflix promete disponibilizar filmes recém-saídos do cinema

Publicidade

MARIANNA ARAGÃO
DE SÃO PAULO

Oito meses após sua estreia no Brasil e em outros 42 países da América Latina, a Netflix, líder em serviços de vídeos online, promete disponibilizar em seu catálogo filmes recém-saídos do cinema.

Por meio de uma parceria com a distribuidora de filmes Telefilms, a Netflix adquiriu os direitos de transmissão de títulos como "Jogos Vorazes", que estreou no final de março com recorde de arrecadação nas bilheterias brasileiras, e "O Artista", vencedor do Oscar de melhor filme este ano.

O primeiro título estará disponível a partir de 18 de agosto no catálogo da companhia na América Latina, cerca de quatro meses após o lançamento no Brasil.

"É um intervalo recorde para qualquer filme disponibilizado pela Netflix no mundo", afirmou Reed Hastings, fundador e presidente mundial da Netflix, em entrevista à Folha.

O contrato também prevê a oferta de filmes ainda inéditos no Brasil, como "Para Roma com Amor", título mais recente do cineasta norte-americano Woody Allen.

BALANÇO

Segundo Hastings, o investimento na aquisição de conteúdo para a operação na América Latina dobrou desde o início das atividades, em setembro de 2011. A companhia atingiu 1 milhão de assinantes na região neste mês.

"Vamos continuar colocando mais dinheiro à medida que ganhamos confiança no mercado", afirmou.

Segundo ele, o Brasil é um dos países com maior potencial de crescimento do grupo, podendo chegar à segunda maior operação mundial --só atrás dos Estados Unidos-- em poucos anos.

"O crescimento do número de casas com acesso à banda larga e o interesse dos brasileiros por novidades tecnológicas justificam nossa aposta", disse.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página