Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
13/07/2011 - 07h45

Bélgica, Holanda e Luxemburgo reconhecem órgão de rebeldes líbios

Publicidade

DA FRANCE PRESSE

Bélgica, Holanda e Luxemburgo, países do Benelux, reconheceram o CNT (Conselho Nacional de Transição) como "representante legítimo do povo líbio", anunciou nesta quarta-feira o chefe da diplomacia belga, Steven Vanackere.

"Reconhecemos o CNT como representante legítimo do povo líbio durante o período de transição", declarou o chanceler belga à imprensa, antes de receber uma delegação da oposição líbia com os colegas da Holanda, Uri Rosenthal, e de Luxemburgo, Jean Asselborn.

"É uma posição comum dos três países", confirmou Asselborn, antes da reunião com a delegação do CNT, que é liderada por Mahmud Jibril, número dois do conselho.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página