Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
02/08/2011 - 15h27

México agradece EUA por tentar impedir lei sobre imigração

Publicidade

DA ANSA, NA CIDADE DO MÉXICO

O México agradeceu ao governo dos Estados Unidos por tentar frear, judicialmente, a chamada lei HB56 do Estado do Alabama, que criminaliza imigrantes sem documentos.

Em um comunicado, o Ministério das Relações Exteriores do México afirmou que a norma "abre espaço para a possível aplicação indevida da legislação por parte das autoridades locais".

A Chancelaria, no entanto, reconheceu "o direito soberano de todos os países de adotar leis e políticas públicas" que melhor convenham, mas reiterou a necessidade de haver um compromisso para "proteger os Direitos Humanos".

A lei HB56 é parecida com a SB1070, aprovada no Arizona, que também criminaliza a imigração ilegal, mas que não entrou em vigência porque foi bloqueada parcialmente em tribunais locais.

Entidades sociais acreditam que cerca de 12 milhões de mexicanos vivem nos Estados Unidos, sendo que metade deles não estão regularizados.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página