Descrição de chapéu Há 50 anos

1969: Intelectuais soviéticos denunciam violações de direitos civis à ONU

São Paulo

Em carta enviada nesta quinta-feira (2) à ONU (Organização das Nações Unidas), 46 intelectuais soviéticos pediram que as autoridades da instituição verifiquem as violações dos direitos humanos que ocorrem na União Soviética.

O apelo foi enviado ao secretário-geral da ONU, U Thant, como reforço de outra requisição, feita no mês de junho deste ano, na qual o grupo pediu investigação sobre a repressão dos direitos civis no país.

Entre os que assinam a carta estão Alexander Esenin-Volpin, poeta e economista, a poetisa Natalya Gorbanevskaya e Zinalda Grigorenko, mulher do ex-general Petro Grigorenko, que está encarcerado.

Primeira página da Folha de S.Paulo de 3 de outubro de 1969
Primeira página da Folha de S.Paulo de 3 de outubro de 1969 - Folhapress
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.