Descrição de chapéu Há 50 anos

1970: Blindados sírios que apoiavam guerrilheiros saem da Jordânia

São Paulo

A União Soviética advertiu EUA, Israel, Síria e Iraque de que considera "inadmissível" qualquer possível intervenção estrangeira na Jordânia, que se encontra em guerra civil.

O Exército jordaniano, a favor do rei Hussein, e guerrilheiros palestinos se enfrentam em muitos pontos do país.

Atendendo aparentemente à mensagem de Moscou, os blindados sírios com bandeiras do Exército de Libertação da Palestina saíram da Jordânia. A retirada foi feita sob o fogo da artilharia e da aviação do governo de Amã.

Os correspondentes estrangeiros informaram que a luta prosseguiu violenta na capital e no norte do país, apesar de o rei Hussein ter dito que chegou a acordo com chefes de Estado árabes que atuam como mediadores para um cessar-fogo no país.

Primeira Página da Folha de 24 de setembro de 1970
Primeira Página da Folha de 24 de setembro de 1970 - Reprodução

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.