Descrição de chapéu Há 50 anos

1970: Rei da Jordânia declara lei marcial, e organizações palestinas se unem

São Paulo

O rei Hussein, da Jordânia, decretou a lei marcial no país e formou um gabinete militar, dotado de plenos poderes.

Esse gabinete é chefiado pelo coronel Mohammed Daoud, mas o homem forte é o novo comandante do Exército, o general Habis Majali, conhecido por sua fanática dedicação à monarquia hachemita.

Em consequência do ato, 11 organizações palestinas decretaram a mobilização geral de seus homens e uniram-se em torno da liderança do chefe da Fatah, Yasser Arafat.

As ruas de Amã estão desertas. A opinião quase unânime dos observadores é a de que a Jordânia vai entrar em uma guerra civil.

Primeira Página da Folha de 17 de setembro de 1970
Primeira Página da Folha de 17 de setembro de 1970 - Reprodução

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.