Dezenas de estátuas e animais mumificados são descobertos no Egito

Foram encontradas múmias de gatos, cobras, crocodilos, besouros e filhotes de leões

Saqqara (Egito) e São Paulo | AFP

Autoridades do Egito anunciaram no último fim de semana a descoberta de 75 estátuas de madeira e bronze e de diversas múmias de animais, como filhotes de leões, em 25 caixas decoradas com hieróglifos na necrópole de Saqqara, perto das pirâmides de Gizé, na região do Cairo. 

Também foram encontrados gatos, cobras, crocodilos e besouros mumificados e bem preservados. 

O Ministério de Antiguidades do país afirmou que a descoberta ocorreu no sopé do Templo de Bastet, que era dedicado ao culto de gatos entre os antigos egípcios.

Estátuas de gatos encontradas no Egito - Khaled Desouki/AFP

Khaled El Enany, ministro das Antiguidades, descreveu o achado como "um museu [inteiro] por si só". 

Entre os artefatos revelados na escavação, estão estátuas de um touro Ápis, um mangusto, um íbis, um falcão e do deus egípcio Anúbis na forma de animal. 

De acordo com a página do ministério em uma rede social, duas das múmias foram identificadas como filhotes de leões, algo incomum. Outros três grandes felinos também provavelmente seriam leões.

Os artefatos pertencem à 26ª dinastia, datada do século 7 a.C., de acordo com Enany. 

Múmias de felinos descobertas em Saqqara - Khaled Desouki/AFP

A descoberta também inclui uma coleção de divindades egípcias antigas na forma de estatuetas de bronze representando o deus Osíris, estátuas de madeira de Ptah-Soker e figuras de Sekhmet, a deusa guerreira da cura. 

O Egito tenta promover sua história única como forma de revitalizar o turismo, setor que foi severamente afetado pela insegurança política e por ataques no país. 

Críticos afirmam, no entanto, que sítios arqueológicos e museus sofrem com negligência e má administração.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.