Sérgio Rangel
Rio de Janeiro

O Exército deu início nesta quarta (21) a uma operação nas principais rodovias federais do Rio e na avenida Brasil, via que corta a capital.

A ação estabelece postos de bloqueio, controle e fiscalização nos principais acessos à BR-101 e à RJ 104, e intensifica o patrulhamento na avenida Brasil.

Já a Polícia Militar realiza patrulhamento ostensivo em São Gonçalo, município da região metropolitana.

A Polícia Rodoviária Federal e Força Nacional também participam da operação nas estradas.

A secretaria de Segurança comandada pelo general Richard Fernandez Nunes mobilizou 1.400 militares das Forças Armadas (Marinha, Exército e Aeronáutica) e 110 policiais militares, com apoio de veículos blindados e aeronaves.

Essa é a primeira operação desde que o Exército decidiu deixar a Vila Kennedy. A saída da comunidade da zona oeste foi antecipada pela Folha nesta terça (20).

Laboratório do Exército no primeiro mês de intervenção federal, a Vila Kennedy será desocupada até o início de abril.

A partir daí, apenas a Polícia Militar vai ficar responsável pelo patrulhamento da região.

Atualmente, a operação na favela conta com 300 militares que patrulhavam as ruas de dia e igual contingente de PMs a noite. No dia 23 de fevereiro, quando a operação teve início, 3.200 militares participaram da ação.

Nesta quarta, o Exército voltou ao patrulhamento na Vila Kennedy. 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.