Descrição de chapéu Alalaô

Pré-Carnaval clandestino na Vila Madalena, em SP, acaba em tumulto

Homem foi detido sob suspeita de atirar pedra em carro da GCM, diz prefeitura

São Paulo

Neste sábado (9), na esquina das ruas Aspicuelta e Girassol, local conhecido por reunir foliões no Carnaval da Vila Madalena em São Paulo, um homem de 25 anos foi detido durante um tumulto em um bloco não autorizado pela prefeitura.

A administração regional, que ficou sabendo do evento pelas redes sociais, acionou equipes de fiscalização contra o comércio ambulante irregular e solicitou apoio da Guarda Civil Metropolitana.

Segundo a Secretaria Municipal de Segurança Urbana, o homem foi preso sob suspeita de ter atirado uma pedra em um carro da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e de ter quebrado um vidro traseiro do veículo.

Após a GCM conter o tumulto e dispersar a multidão com bombas de gás lacrimogêneo, o homem foi encaminhado para 14ª DP de Pinheiros.

A prefeitura informou que assim que os organizadores do bloco não autorizado forem identificados, serão aplicadas sanções administrativas.

VILA MADALENA E TUMULTOS

Depois de reclamações em Carnavais passados, a prefeitura controlou o acesso à região. Em 2018, ficou proibido a passagem de blocos pelo miolo do bairro --região das ruas Wisard, Girassol, Simão Álvares e Inácio Pereira da Rocha.

A decisão aconteceu após o movimento da associação de moradores, que entrou com representação no Ministério Público para investigar o comércio ilegal de bebidas e o consumo de drogas nas ruas do bairro.

A medida teve como exigência apresentar um comprovante de residência para entrar em parte do bairro e gerou queixas sobre restrição a direitos individuais.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.