Italiano é esfaqueado após show de Preta Gil na Virada Cultural de SP

Polícia prendeu duas travestis e dois homens suspeitos de participação no crime

São Paulo

Duas travestis e dois homens foram presos na noite deste domingo (19) sob a suspeita de esfaquear e roubar o celular de um italiano, na Virada Cultural de São Paulo.

Alessandro Ducci, 28, foi atacado na praça da República, no centro, por volta das 19h30, após o show da cantora Preta Gil, última artista a se apresentar no palco Diversidade.

Segundo o boletim de ocorrência da PM (Polícia Militar),  o italiano reconheceu, por meio de fotografias, Franciso Davi Barbosa de Brito, 18, Bruno Tavanate Pereira, 20, Aujean de Sousa de Menezes, 22, e Elias Moreira da Costa, 23, como os agressores.

Ainda de acordo com a polícia, havia uma quinta pessoa envolvida, que não foi identificada. A Folha não localizou a defesa dos envolvidos.

Ducci foi abordado por duas travestis, que teriam oferecido um programa sexual a ele. O italiano recusou a proposta, e houve uma discussão.

Italiano Alessandro Ducci, 28, em hospital após cirurgia
Italiano Alessandro Ducci, 28, em hospital após cirurgia - Reprodução/TV Globo

Dois homens que acompanhavam as travestis imobilizaram Ducci no chão e o esfaquearam várias vezes —os golpes perfuraram o intestino da vítima. Durante o ataque, o celular de Ducci foi levado.

O italiano relatou à polícia que ouviu um dos agressores dizer “é assim que você vai se lembrar do Brasil.” Em entrevista à TV Globo, o estagiário Matheus Pinho disse que presenciou o crime e que os assaltantes tentaram provocar uma briga.

"Ele colocou a mão no tórax dela [travesti] e dois rapazes chegaram falando 'você vai agredir a minha colega?', ele [Alessandro] respondeu 'não, não quero bater' e eles começaram a espancá-lo. Ele caiu no chão, quando um homem tirou uma faca da cintura e começou a esfaqueá-lo. Uma das travestis colocou a mão no bolso dele e pegou o celular" afirmou Pinho.

Testemunhas que presenciaram o ataque acionaram o serviço de resgate. O estrangeiro foi encaminhado para o pronto-socorro da Santa Casa de Misericórdia, unidade localizada na região central da capital.

Assim que deu entrada no setor de emergência, o estrangeiro foi operado. Ele passa bem e não corre risco de morrer. Os quatro suspeitos fugiram a pé da praça e, segundo a polícia, chegaram a trocar de roupa para não serem reconhecidos. 

Os pertences da vítima não foram localizados. A ocorrência foi registrada no 2º DP (Bom Retiro), mas as investigações serão deslocadas ao 77º DP (Santa Cecília), responsável pela área onde o crime aconteceu.

Os suspeitos estão presos e passarão por uma audiência de custódia ainda nesta segunda (20). 

BALANÇO DE CRIMES

Segundo a Polícia Militar, 5.501 pessoas foram abordadas e outras 43 foram presas ao longo das 24h da Virada Cultural deste ano. Das detenções realizadas, nove foram contra pessoas foragidas da Justiça.

Seis adolescentes também foram apreendidos.

Foram recuperados 13 veículos roubados, sete celulares e apreendido um simulacro de arma de fogo.

Um bebê foi abandonado próximo de um palco do evento em um carrinho, por volta das 4h deste domingo, no vale do Anhangabaú. Ele foi encaminhado ao Hospital das Clínicas e, ainda não identificado, está sob os cuidados do Conselho Tutelar.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.