Descrição de chapéu Obituário Maria José Cardoso Trussardi (1935 - 2019)

Mortes: Miss Brasil de 1956 esteve a dois passos do Universo

Formada em Belas Artes, Maria gostava de passar o tempo junto à natureza

Fabrício Lobel
São Paulo

Houve um tempo que, além do futebol, o que mais mobilizava torcidas pelo país era a disputa pelo título de Miss Brasil. Revistas e jornais de todo o país acompanhavam as festas preparatórias, as carreatas de carros conversíveis e, claro, o concurso principal.

Em 1956, a disputa se deu no hotel Quitandinha, um palácio que já tinha abrigado até um luxuoso cassino, em Petrópolis, na serra fluminense.

Representando o Rio Grande do Sul, Maria José foi eleita a mulher mais bela do Brasil aos 21.

Maria José Cardoso, representante do Rio Grande do Sul, eleita miss Brasil 1956 no Hotel Quitandinha, em Petrópolis (RJ)
Maria José Cardoso, representante do Rio Grande do Sul, eleita miss Brasil 1956 no Hotel Quitandinha, em Petrópolis (RJ) - 16.jun.1956 Folhapress

Nascida na cidade praiana de São Francisco do Sul, em Santa Catarina, Maria cresceu em Porto Alegre.

Por lá, estudou Belas Artes e chegou a ser professora. Em seu tempo vago, gostava de ler os gaúchos Érico Veríssimo e Mário Quintana.

Com seus olhos azuis reluzentes, Maria José sempre participou de concursos de beleza. Em 1955, foi a miss Rio Grande do Sul, o que a gabaritou para o concurso nacional. 

Como prêmio, ganhou uma viagem aos Estados Unidos. De lá, voltou achando que o outono americano era a coisa mais linda que tinha visto.

No ano seguinte, já como miss Brasil, Maria José volta aos Estados Unidos, dessa vez para disputar o título de miss Universo, tido como certo pelos brasileiros naquele ano. 

Até a viagem de avião da moça, num voo da Varig, foi alvo de reportagens, tamanha a expectativa. No concurso, Maria José chegou à semifinal, a duas etapas do título, que naquele ano ficou com americana, que disputou em casa. “Injusto”, defende o filho Moacyr.

Maria se mudou para São Paulo onde se casou com um industrial. Em épocas de férias, gostava de estar junto à natureza e andar de charrete.

Nos últimos anos, dedicou-se à igreja evangélica e ao cuidado com os mais pobres. Maria José morreu aos 84, no dia 23, de insuficiência cardíaca. Ela deixa dois filhos e um neto.


coluna.obituario@grupofolha.com.br

Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missas​​

Erramos: o texto foi alterado

Diferentemente do que afirmava o texto, Maria José Cardoso Trussardi morreu aos 84 anos, e não aos 89 anos. O texto foi corrigido.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.