Descrição de chapéu Obituário Mishellý Luz (1996 - 2019)

Mortes: Transexual, uniu a Santa Cecília na vida e na morte

Deixou a família para trás para ser acolhida em bairro do centro de SP

Patrícia Pasquini
São Paulo

Aos oito, Mishellý, que levava ainda o sobrenome Nascimento Ferreira, saiu de casa para morar na rua. Faltava-lhe segurança para conviver com a família —a relação com o pai era turbulenta.

Para trás ficaram 13 irmãos. Transexual, ela cresceu pelo bairro de Santa Cecília, centro de São Paulo, onde a chamavam pelo nome que escolheu.

A trans Mishellý Luz
A trans Mishellý Luz - Arquivo pessoal

O sobrenome adotado depois, Luz, refletia a simpatia oferecida a quem cruzasse seu caminho. Se conquistava alguma intimidade, pedia produtos de beleza e xampu.

Uma dessas abordagens rendeu uma amizade com a terapeuta Bruna Franzoi, 33, que virou sua madrinha do coração. "Ela me parou e pediu um xampu de argan, porque o cabelo estava quebrado. Eu usava vestido longo e ela brincou que eu era elegante como a [atriz] Paolla Oliveira", conta.

Com o tempo, ficou amiga dos moradores do bairro e integrou-se à comunidade. Ajudava as pessoas com pequenos serviços para retribuir o bem que recebia. "Ela nunca quis ter casa, mas apoio, amor e carinho", diz a amiga.

Em 2017, Mishellý foi presa sob acusação de tentativa de latrocínio contra um publicitário. O bairro se uniu para provar sua inocência após o jornalista de uma emissora de TV chamá-la de "serial killer". A Justiça a absolveu. 

Para marcar a nova fase, adotou o sobrenome "Luz".

Entre os amigos, deixou o espírito de união. Mishellý Luz morreu no sábado (14), aos 22 anos, por complicações decorrentes de uma tuberculose. Como um derradeiro gesto de respeito, a Santa Cecília que a acolheu se uniu uma última vez por Mishellý e arrecadou dinheiro para lhe proporcionar velório e enterro.

"Ela era filha de Santa Cecília, iluminada", diz Bruna. "Enxergava a vida com amor."


coluna.obituario@grupofolha.com.br

Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missa

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.