Descrição de chapéu Obituário Sandra Lúcia de Andrade Teixeira Leite (1958 - 2019)

Mortes: Lutou pela dignidade das pessoas com câncer

Sandra Lúcia de Andrade Teixeira Leite fundou uma entidade de apoio aos doentes com câncer e familiares

Patrícia Pasquini
São Paulo

Transformar o limão numa limonada não foi um clichê para a historiadora e pastora Sandra Lúcia de Andrade Teixeira Leite.

Há 24 anos, recebeu o diagnóstico de câncer de mama. Assim que iniciou o tratamento contra a doença, passou a usar seu tempo para ajudar outras doentes.

Segundo a filha, a jornalista Carolina de Andrade Teixeira Leite, 33, o carinho era através de palavras. “Ela sempre tinha tempo para motivar e atender quem precisava de uma conversa”, conta.

Pastora e historiadora Sandra de Andrade com a família
Pastora e historiadora Sandra de Andrade com a família - Arquivo pessoal

Além de médico, o oncologista e mastologista Ray Alves dos Santos tornou-se um grande amigo e a treinou para ministrar palestras sobre câncer.

Em novembro de 1998, Leite fundou a Revifé (Revivendo com Fé). A entidade presta apoio a mulheres mastectomizadas e aos doentes com câncer e familiares em geral.

Autora dos livros “O Câncer não é uma Sentença, é Apenas uma Palavra” e “Aborto Eu Fiz”, Leite era membro da Frente Estadual de Combate ao Câncer do Rio de Janeiro. 

Curiosa e leitora voraz, adorava livros e documentários sobre história e política. Ela tinha na família os verdadeiros amigos, em especial o irmão Sérgio Soares de Andrade, 56, em quem confiava 100%.

Em fevereiro deste ano, veio o segundo diagnóstico de câncer: um tipo raro de tumor do trato gastrointestinal.

Sandra Lúcia de Andrade Teixeira Leite nasceu no Rio de Janeiro. Ela morreu dia 16 de outubro, aos 61 anos, de infecção generalizada após ser submetida a uma cirurgia de emergência.

Deixa o marido, duas filhas, um genro e uma neta. “Minha mãe deixou como legado que nenhuma dor pode nos limitar a ponto de impedir a ajuda ao próximo”, diz a filha.

coluna.obituario@grupofolha.com.br
 
Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missas

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.