Descrição de chapéu Rio de Janeiro Coronavírus

Banhistas sem máscaras são multados em praias do Rio

Blitz da Guarda Municipal também autuou pessoas que insistiram em permanecer no local

Waleska Borges
Rio de Janeiro

Uma blitz da Guarda Municipal do Rio multou banhistas que desobedeceram a determinação de usar máscaras e a proibição de permanecer nas areias das praias cariocas neste fim de semana.

A cidade entrou nesta sexta-feira (10) na 3ª fase de flexibilização da quarentena, que permite o acesso às praias apenas para a prática de atividades esportivas individuais.

Guarda municipal faz blitz na zona sul do Rio neste sábado (11)
Guarda municipal faz blitz na zona sul do Rio neste sábado (11) - Divulgação/Guarda Municipal

Nesta semana, o prefeito Marcello Crivella (Republicanos) informou que só deve liberar de vez o acesso à orla quando a taxa de transmissão do novo coronavírus estiver próxima de zero ou quando houver vacina para a doença.

As equipes da Guarda Municipal abordaram pessoas no calçadão e nas areias da praia de Copacabana e do Leme, zona sul da cidade. Foram aplicadas 135 multas —​49 no sábado e 86 no domingo.

O uso de máscara é obrigatório em locais públicos do Rio desde o dia 21 de maio. A multa para quem desobedece a determinação é de R$ 106,65.

“A multa tem um viés educativo, pois enfatiza a necessidade de se tomar o cuidado de colocar máscara de proteção quando precisar sair na rua", explicou José Ricardo Soares, comandante da Guarda Municipal.

Guarda Municipal do Rio aborda pessoas na praia e no calçadão do Rio
Guarda Municipal do Rio aborda pessoas na praia e no calçadão do Rio - Divulgação/Guarda Municipal

Em um mês de atuação, a entidade registrou 1.289 infrações sanitárias. Do total de infrações registradas entre os dias 5 de junho e 8 de julho, 737 autuações foram pela falta do uso de máscara facial, sendo 568 constatadas em via pública e 169 dentro de estabelecimentos comerciais.

Parques reabrem para visitantes

Os cariocas aproveitaram o sábado para passear nos parques da cidade, que reabriram na última quinta (9) —com exceção da Quinta da Boa Vista e do Parque Madureira, na zona norte. Para frequentar os locais, é obrigatório o uso de máscaras. Também é proibido causar aglomeração.

No Parque Nacional da Tijuca, na zona norte, e no Parque Lage, na zona sul, o acesso de veículos motorizados continua proibido. Também não é possível visitar mirantes, cachoeiras, duchas, rios, lagos, lagoas, praças e áreas compartilhadas. São permitidos grupos de até dez pessoas.

O Jardim Botânico só receberá visitantes com agendamento prévio pelo site. Alguns espaços do local continuam fechados para evitar concentração de pessoas.

Visitantes no Jardim Botânico, no Rio, neste sábado (11)
Visitantes no Jardim Botânico, no Rio, neste sábado (11) - JBRJ/Alexandre Machado
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.