Conheça 20 dicas para aumentar a segurança de seu smartphone

Além de gerenciador de senhas, especialista aponta necessidade ter pessoa de confiança para bloquear aparelhos

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A maioria dos golpes praticados contra usuários de smartphones poderia ser evitada com algumas medidas de segurança simples, segundo especialistas ouvidos pela Folha.

Leia a seguir algumas dessas dicas:

1. Não use a mesma senha para acesso de contas diferentes. Crie uma para cada conta

2. Não salve senhas de bancos, e-mail ou sites no aparelho, como em blocos de nota

3. Não deixe armazenadas no aparelho imagens de cartão de crédito, documentos e comprovantes de endereço

4. Utilize senhas fortes, compostas de números, letras (maiúsculas e minúsculas) e símbolos, preferencialmente aleatórios

5. Use gerador de senhas disponíveis em apps. A autenticação biométrica, quando falha, pode ser substituída por uma senha, que precisa ser adequada

6. Ative a senha do seu chip. Entre em contato com sua operadora para saber como

7. Desative o conteúdo de notificações de SMS na tela de bloqueio, para não sejam exibidas publicamente informações de recuperação de senha, tokens e códigos de validação

8. Não utilize datas ou senhas de fácil dedução para caixa postal

9. Habilite um segundo fator de autenticação em todos os serviços disponíveis

10. Nunca forneça senhas, autenticações e conteúdos de mensagens a terceiros via telefone, mensagem ou e-mail mesmo que pareçam “oficiais”

11. Não clique em links recebidos a menos que tenha certeza da origem

12. Não tenha o e-mail de recuperação de senhas bancárias e de aplicativos cadastrado no app do celular

13. Desabilite o envio de senhas e códigos de validação por SMS

14. Habilite o controle de acesso por biometria de serviços financeiros

15. Diminua o tempo de bloqueio automático de tela. Quanto menor, maior sua segurança

16. Aprenda como bloquear e apagar remotamente seu aparelho. Em iPhones isso pode ser feito no iCloud (https://icloud.com); em dispositivos Android, podem ser usados os serviços da Google (https://android.com/find) e de alguns fabricantes específicos

17. Escolha alguém de confiança para ter acesso ao sistema de bloqueio remoto do celular para apoiá-lo em caso de roubo ou furto

18. Caso seu celular seja furtado, roubado ou perdido, entre em contato imediatamente com sua operadora para que o SIM card seja bloqueado

19. Caso seu celular seja furtado ou roubado, registre o boletim de ocorrência para que o IMEI (Identificação Internacional de Equipamento Móvel) seja bloqueado

20. Diminua, junto a sua instituição financeira, o limite individual e diário das suas transações financeiras (TED e Pix principalmente)

Fontes: Marcos Tupinambá, professor de Investigação de Crimes Eletrônicos e Direito Digital, e Thiago Bordini, diretor de inteligência cibernética da Axur

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.