Congresso de jornalismo de educação acontece em SP com foco em eleições

Serão 28 encontros, oficinas e debates, realizados nos dias 6 e 7 de agosto

São Paulo

A cobertura de eleições do ponto de vista da educação é o foco do 2º Congresso Internacional de Jornalismo de Educação, que a Jeduca (Associação de Jornalistas de Educação) realiza nos dias 6 e 7 de agosto, no Colégio Rio Branco, em Higienópolis, região central de São Paulo.

A programação do congresso (congresso.jeduca.org.br) trará um debate entre representantes das candidaturas à Presidência da República, além de entrevista com o ministro da Educação, Rossieli Soares da Silva. Jornalistas dos Estados Unidos, México, Argentina e Colômbia também falarão sobre a experiência da cobertura do tema nas eleições de seus respectivos países.

Cinco pessoas sentadas no palco de um auditório
Debate no 1º Congresso de Jornalismo de Educação, realizado em 2017 - Alice Vergueiro/Divulgação

Serão ao todo 28 encontros, entre debates, palestras, entrevistas e oficinas práticas. Haverá ainda discussão dos grandes temas da educação, da educação infantil ao ensino superior, e atividades ligadas ao fazer jornalístico. O combate a fake news é tema de uma oficina de fact-checking, organizada pela Agência Lupa.

Daniel Mariani, do Núcleo de Inteligência da Folha, integra mesa sobre grandes reportagens de Educação. Mariani vai detalhar os bastidores da reportagem “Estudo inédito indica alta chance de fraude em mil provas do Enem”, publicada em abril pelo jornal.

A Jeduca vai apresentar no Congresso uma pesquisa inédita sobre como reportagens de educação são entendidas pelo público. O trabalho foi realizado pelo Instituto Datafolha e pela Rede Conhecimento Social.

São esperados mais de 500 participantes. Com inscrições já encerradas, os principais encontros do congresso serão transmitidos pela internet pelo Canal Futura.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.